Shymbulak Ski Resort!!

Estou de voooolta!!!! Hahahaha
Me perdooem pelo mega sumiço, mas eu tenho um motivo bem legal para justificar essa ausência. COMECEI ACADEMIA!!!! Hahaha tá, isso pode não ser um grande motivo, mas pra mim é, gente… até pegar o ritmo da coisa, até ver o negócio engrenar, principalmente pra uma quase (totalmente) sedentária como eu, tipo, DÓI! Mas já tá tudo nos “okays”, tudo “maravicherry” e vamos dando seguimento… hehe
Há dois finais de semanas atrás, eu, Diego e nosso amigo Garrote fomos passear nas montanhas, mais especificamente num resort de esqui! Foi muito legal e vou contar aqui um pouquinho sobre esse dia!

Shymbulak é o nome do Resort de Esqui (Shymbulak Ski Resort) localizado na parte superior do Vale do Medeu, na cordilheira Zaiilisky Alatau. O Resort está situado a uma altitude de 2.200 metros acima do nível do mar e também a cerca de 25km ao sul da cidade de Almaty. É popular por seu clima ameno, pela grande quantidade de dias ensolarados e grande quantidade de neve durante o inverno (de novembro até maio).

Para chegarmos até lá, pegamos o “taxi carona” que já comentei com vocês em outro post e fomos subindo por uma rua asfaltada (muito bem estruturada, por sinal) até a entrada do Resort, que na verdade é como um posto principal, onde compramos os tickets para podermos entrar nos bondinhos e chegar no local onde fica o Resort, especificamente. Era um domingo e pagamos KZ$2.500,00 (dois mil e quinhentos tinge, aproximadamente US$6,92, seis dólares e noventa e dois centavos) por pessoa. Aí beleza, entramos e fomos embarcar nos bondinhos! O trajeto demorou, mais ou menos, uns 15 minutos. Mas caaaara, que vista LINDA!! Passamos por cima de vários locais na montanha! Muita neeeeve, estava muuuuito frio! Conseguíamos ver pegadas de animais na neve no meio das montanhas, muitas árvores, um rio congelado, uma mega estação de patinação muito legal (que depois descobrimos que para ir até lá teríamos que ir de carro e não de bondinho hehe) e foi tudo muito lindo mesmo. E enfim, 15 minutos depois chegamos no Resort, que foi sensacional!

Olhem eeeessa vista das montanhas!! Estamos dentro de um dos bondinhos!
Dentro do bondinho!!
A estação de patinação no gelo. Estávamos tão alto, que as pessoas parecem formiguinhas…
Aqui foi na chegada! Já estávamos dentro do Shymbulak Ski Resort.

Chegando no Shymbulak, já demos de cara com uma galera com os esquis nos pés ou com umas botas gigantescas para encaixar os esquis. Aí tem os bondinhos próprios para os esquiadores que levam a galera lá em cima para poderem descer esquiando. Tinha gente com esqui e snowboard! E ao mesmo tempo que tinha uma galera bem “profissa”, tinha também um pessoal aprendendo, iniciantes, gente que não tinha pegado o jeito ainda, mas tava lá se divertindo.
Quando chegamos já havia passado do meio-dia e fomos almoçar. Do ladinho de toda essa galera descendo de esqui e snowboard, tem um comércio bem legal com restaurantes, lanchonetes, lojinhas de souvenirs, loja de equipamentos para esquiar… muito legal! Aí tem mesas para o pessoal almoçar lá dentro no quentinho e mesas fora, na neve e no frio! Sensacional!

Lá atrás o bondinho pra levar os esquiadores até lá em cima!
A espertinha aqui foi de calça jeans rasgada no joelho ainda!!! Pensa no frio que passei nas pernas!!!! Eeeeita! Vivendo e aprendendo…
Então, este é o local das mesinhas externas pra galera almoçar/jantar. E lá atrás estão os restaurantes e lanchonetes. Reparem na quantidade de esquis e pranchas de snowboard do lado direito da foto, lá atrás! As pessoas deixam ali fora os seus equipamentos e vão almoçar. O respeito é tão grande, que ninguém mexe no que não é seu!
Olhem as cadeirinhas com pelinhos gente, que fofas… ❤
Da esquerda para a direita: Diego, Gordei Yanov, Garrote e Sanya Gurov (mais conhecido como Taffarel… igual! haha). Os dois meninos cazaques jogam no Kairat também!
Outro restaurante…
Garrote tomando seu chazinho pra disfarçar o friiiio… haha
Que tal um “traguinho” pra esquentar então? Hahahaha
Eu e Diego fingindo que íamos esquiar… hehehe mas na próxima nós vamos!! Combinado!! As pessoas podem levar seus próprios utensílios para esquiar ou podem alugar lá mesmo! Muito legal!!

Foi um passeio sensacional! Nunca tínhamos visto nada parecido… é tudo lindo e muito divertido. Ah! Esqueci de comentar que tocava direto música alta, música americana e russa! Rap, eletrônico, pop… muito animado!! Pra variar eu não conseguia ficar parada e ficava dançando… hahahaha normal! Vou postar um vídeo aqui que o Garrote fez para mostrar melhor como é o local e vocês poderem entender! Não reparem a doida “dançandinho”… hahahaha

Em Shymbulak existem 3 “elevadores” (bondinhos) de esqui que no total atingem 3.200 metros acima do nível do mar! É o ponto mais alto da estância do Resort. Existem 3 estações de esqui: a primeira é a Intersection Station com 2.260 metros de altitude e com 9 minutos de viagem de elevador, em seguida a 20th Station Prop com 2.630 metros de altitude e com 16,5 minutos de viagem e por último a Talgar Pass Station com 3.200 metros de altitude e não sei quantos minutos de viagem porque não encontrei a informação e não pretendo viajar até lá em cima pra contar para vocês, sorry. Hehehe.
E há também o Snow-Park para os fãs de Snowboarding. O Resort também oferece uma escola de esqui e snowboard e aluguel de trenó. E há também o Shymbulak Hotel (4 estrelas) que deve ser sensacional!
O tempo varia de 20 ° C no verão e de -7 ° C no inverno e a base de neve é ​​de cerca de 1,5 a 1,8 metros de profundidade.

Almaty sediou os Jogos Asiáticos em 2011 de inverno, fez oferta para os Jogos Olímpicos de Inverno de 2014, e foi considerada uma das ofertas para Jogos Olímpicos de Inverno de 2018, mas decidiu concorrer aos Jogos Olímpicos de Inverno de 2022; Shymbulak era um local de encontro para os eventos (tanto de velocidade quanto de técnicas).

É isso, pessoal! Vou ficando por aqui e espero que tenham gostado!
Já vou preparando a próxima “matéria” para vocês ficarem por dentro do que acontece aqui! Blz?

Beeeeijo grande!

Ná. ❤

A single golf clap? Or a long standing ovation?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.