Resumo do Case: Aspectos da narrativa transmidiática no jornalismo da revista Época.

A fim de observar e analisar a forma como a revista Época migrou para outras plataformas de mídia além da impressa, foi criado um artigo onde é sitado vários casos da Revista Época utilizando a convergência e a narrativa transmidiática para se adequar a distribuição de conteúdos sobre um mesmo tema em diferentes suportes.

Convergência: É o que define as mudanças tecnológicas, culturais e sociais do jeito que as mídias estão inserida em nossa cultura.

É uma maneira de se expressar diversos conteúdos através de vários suportes que transmitem a mensagem. Isto é, a convergência de conteúdo, narra um fato jornalístico, enquanto a narrativa transmidiática é mais um formato de contar uma história que gere entretenimento.

Uma história transmidiática, ela se desenvolve por vários suportes midiáticos, e cada texto novo, tem uma contribuição diferente e com bastante importância.

Já a concepção narrativa transmidiática se baseia entre conteúdos diferentes, com diferentes suportes midiáticos, que gerem a criação de um universo narrativo próprio e a participação ativa de quem está lendo a mensagem.

O jornalismo e o entretenimento são produtos parecidos, dentro da sua natureza de conteúdos. Porém, ambos não são consumidos por pessoas diferentes, dependendo de qual conteúdo que se trata.

Investir em uma forma diferente de apresentar a noticia poderia chamar mais a atenção de pessoas mais novas. Até pelo fato de pessoas mais novas serem mais acostumados com os conteúdos audiovisuais e que tenha interação.

A Convergência digital tem a possibilidade de uma maior transmissão para os conteúdos informativos. E ajuda a reforçar e a inovar a imagem daquilo que está sendo transmitido.

O exemplo da REVISTA ÉPOCA.

A revista Época foi A PRIMEIRA revista semanal a apresentar atualização diariamente. Outra novidade foi o investimento em recursos multimídia para agregar valor ao conteúdo informativo, além de criar uma ponte entre a edição impressa e ao site.

Na edição do dia 1º de junho de 2009, foi a edição impressa que foi escolhida para mostrar essa ligação entre a revista física e o site. Nesta edição foram escritas 10 matérias que tinham conteúdo complementares com o site, com o celular ou com o Twitter.

Isto fez um caminho que estimulou o leitor da revista a ter outras experiências com o conteúdo do site. Chegando no site, o leitor poderia comentar sobre a matérias que leu na revista, poderia ser colaborador de uma pesquisa ou de uma enquete e explorar as possibilidades de um infográfico que era interativo.

Uma das opiniões de um leitor, foi que, ele falou a revista impressa traz algumas informações que não estão no site e vice-versa.

Desta forma o artigo mostra diante de alguns exemplos da revista Época como os elementos da narrativa transmidiática se incorpora dentro convergência de conteúdos em diferentes suportes.

Artigo: https://www.ufrgs.br/jordi/wp-content/uploads/2016/05/Aspectos-da-narrativa-transmidi%C3%A1tica-no-jornalismo-da-revista-%C3%89poca.pdf

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Narrativa Transmídia’s story.