Do filme Naked, 1994.

Desata-o-tino

Ficou algo sempre a ser dito que não encontrou morada no mundo pela culatra do que é deixado na memória e vaza, a repercutir, a compassos, as experiências somadas.

Como eles encontrarão a maneira de, na desenvoltura, se desconfigurarem? Assim meio lambada, assim meio dissolução, assim meios cheios de si e, por isso mesmo, esvaziados do outro?

Ficou algo a repercutir pela culatra do dito nas experiências que vazam, da memória à morada do mundo sempre a compassos.

Como encontrarão na dissolução a desenvoltura do cheio de si no desconfigurar do outro? Assim meio maneira de lambada mesmo e, por isso, no vazio.

Como algo a repercutir na maneira da desenvoltura que é como lambada no mesmo da morada no mundo, assim meio pela culatra que é deixada a compassos que se esvaziam nas experiências e vazam na memória o si do outro, encontrará por isso o meio sempre dito?

Ficou a maneira de si pela culatra da dissolução que se esvazia a repercutir um meio do que foi dito nas experiências da memória do mundo, que vaza no outro uma lambada, a desconfigurar o dito no sempre cheio, e que, por isso mesmo, é algo que faz morada a compassos.

{27.01.17}

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.