Tenement Museum em NYC

Originalmente publicado em: http://pviagensghistorias.blogspot.com.br/

Boa tarde, pessoal!

Um feliz ano novo a todos!

Quem acompanha o blog sabe que esse ano passamos o natal em New York City. Dessa vez, ficamos 10 dias e decidimos nos hospedar longe do Midtown, ou seja, do centro de Manhattan.

Ficamos hospedados na Canal Street, uma rua bem movimentada que liga o Soho, Tribeca, ChinaTown e Little Italy. Bom, a questão da hospedagem será aprofundada num próximo post. Entretanto, já adianto que a localização deve atender ao interesses dos viajantes, caso contrário será uma perda de tempo.

Para mim, foi muito gostoso ficar naquela região porque mais ao sul da ilha está a parte mais antiga da cidade, prédios, ruas, restaurantes e parques.

Esse ano decidi que ia em alguns museus diferentes, longe daqueles que são obrigatórios numa visita a NYC. Fui pesquisar sobre o Tenement Museum. Já sabia que era um museu que contava um pouco da história dos imigrantes, mas não sabia como funcionava.

Entrada do prédio da 97 Orchard Street.

O museu está localizado na 103 Orchard Street e trabalha com vários tipos de tours (tem tour de hora em hora):

- Shop Life;

- Sweatshop Workers;

- Hard Times;

- Irish outsiders;

- Hard Times: Tour and discussion;

- Exploring 97 Orchard ;

- Sweatshop Workers: Tour and discussion;

- Tastings at the Tenement.

Eu escolhi o tour Hard Times (U$ 25,00) com duração de 1h. A maioria dos tours é recomendado para crianças acima de 8 e 12 anos e para pessoas que entendem bem o inglês. Por isso esse museu é tão diferente dos outros, nele há um número limitados de pessoas por tour. Cada tour conta a história de pelo menos 2 famílias que moraram no prédio entre meados do séc. XIX e início do séc. XX, de maneira a fazer uma trajetória da vida dessas pessoas. A interação entre o educador e o visitante é constante, então um bom entendimento do inglês é fundamental.

O tour que eu escolhi conta a história de uma família de imigrantes alemã em meados do séc. XIX e uma família de imigrantes italianos no começo do séc. XX. Cada andar do prédio vivam quatro famílias e cada tour é realizado em um andar. Nesses apartamentos foi reconstruído o ambiente em que essas famílias viviam com móveis, roupas, retratos e documentos. Então, conseguimos ter noção de como essas família tiravam o seu sustento, como era a vida ali, como eram as redondezas e de suas trajetórias pessoais.

Dentro de um dos apartamentos reconstruídos

A reconstrução dos apartamentos foi feita a partir de documentos e, no caso da família italiana, por meio de depoimentos de ex-moradores, como a filha do casal que descreveu como era disposto todo o mobiliário e a vida no prédio da Orchard Street. Tal prédio tem uma trajetória incrível pois permaneceu fechado por 53 anos e, quando o abriram, encontram um prédio intocado durante meio século. Tudo ali conta uma história, tudo o que restou e aquilo que não se vê. Os papéis de parede, as pinturas, a falta de banheiros, luzes, o teto, a escada, toda a entrada do prédio está do mesmo jeito que foi encontrada.

Mullberry Street em little Italy no começo do séc.XX.

O Tenement Museum é um tesouro! Conta um pouco da história de pessoas ordinárias com trajetórias extraordinárias. Pessoas essas que ajudaram a construir uma das maiores cidades do mundo, que viveram tempos difíceis e que hoje fazem parte da identidade daquela cidade.

Vale a pena conferir!

Informações:

Tours:

- Tem a cada 30 min um diferentes;

- Os horários da manhã são mais concorridos;

- Tente comprar pelo site para ter um horário certo (há um acréscimo de U$ 2,50) ou chegue bem cedo para comprar o ticket diretamente no museu no dia;

- Só tinha eu de brasileira no grupo.

Like what you read? Give Natalia Mello a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.