Fácil
Iogo Chirola
762

Eu adorei esse! Achei bem fera o modo como o eu-lírico se culpa de ver a beleza do mundo enquanto “o mundo afunda em sua cova”. Afinal, quem nunca se deixou levar pelo pôr-do-sol, por alguns instantes, e logo depois pensou nas contas pra pagar?

Like what you read? Give Natan Andrade a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.