BRASIL, JUNHO DE 2013:

os personagens que fizeram a história


No ano passado, o Brasil ferveu em pleno inverno de junho. Milhões de brasileiros puseram a cara e o coração nas ruas em grandes manifestações, revelando uma boa dose de indignação e embaralhando a cabeça dos políticos de todo o país.

Mas quem foram estas pessoas? Quem resolveu respirar o ar das ruas, enfrentar o gás lacrimogênio e confirmar sua esperança em um novo país? Conheça a partir de agora algumas destas figuras.

Pablo Capilé: O Fora da Curva

Um dos personagens mais polêmicos das manifestações de junho de 2013 é Pablo Capilé, ou Pablo Santiago Capilé Mendes, fundador e líder do circuito Fora do Eixo, que organizou a polêmica Mídia Ninja (Narrativas Independentes, Jornalismo e Ação). Embora ninguém tenho entendido bem como funciona a rede Fora do Eixo, Capilé diz que ela é uma estrutura descentralizada e livre de comunicação e jornalismo.

Em uma entrevista concedida ao programa Roda Viva (TV Cultura), em xx de junho, Capilé duelou com representantes da grande mídia defendendo seus métodos de trabalho…………

Bruno Torturra: Casca de Besouro

Bruno Torturra é jornalista e fotógrafo. Escreve no blog Casca de Besouro e colabora com a rede do Fora do Eixo através da PosTV e com o Mídia Ninja. Atualmente é roteirista do programa Esquenta, da Rede Globo. Participou ao lado de Capilé do programa Roda Viva, que deu visibilidade para o Ninja e o Fora do Eixo.

Repórteres Sangre Bom

Durante os protestos de junho, muitos repórteres foram feridos em serviço, com maior ou menor gravidade, segundo dados da Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo). Somente em 13 de junho, dia que marcou o início efetivo da violência policial em repressão aos manifestantes, 15 repórteres sofreram algum tipo de ferimento.

A seguir, alguns dos profissionais que marcaram estes momentos.

Sangre Bom 1: Piero Locatelli

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxx

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx x xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxx xxxxxxxxxxx xxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Sangre Bom 2: Fabio Braga

O repórter fotográfico da Folha de S. Paulo Fabio Braga cobria o protesto do Movimento Passe Livre, em 13 de junho, na esquina da rua Maria Antonia com a Consolação, no centro de São Paulo, quando foi atingido por uma bala de borracha no rosto e outra na virilha. Um vídeo mostra o fotógrafo logo após o incidente.

Sangre Bom 3: Giuliana Vallone

A repórter da Folha de S. Paulo foi ferida por bala de borracha que atingiu a região do olho dela, também durante os protestos de 13 de junho.

Sexo e repressão: radicalização

Três personagens protagonizaram um dos debates mais violentos a partir das manifestações de julho: o vereador Coronel Telhada (xxx-SP) e os deputados Jean Wyllys (Psol-RJ) e Marco Feliciano (sem partido-SP) mostraram o quanto o país precisa, mas não sabe como, se despir do preconceito religioso e, sobretudo de gênero.

Na sequência, Coronel Telhada, Jean Wyllys e Marco Feliciano: o cú é de quem, mesmo?

Nascem os coxinhas

Coxinha = xxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxx xxxx . Personalidades da música e as chamadas globais entraram nesta onda.

À esq., Carol Castro, Rosamaria Murtinho, Nathalia Thimberg, Susana Vieira e Bárbara Paz; à dir., Carla Perez e Xanddy “protestam” ao lado dos filhos
Show your support

Clapping shows how much you appreciated Nathalia Barboza’s story.