Morro da Asa Delta — Santos, SP.

“Conversa Genuínas & Conexões Profundas.”

Falamos todo o tempo, com diversas pessoas e em inúmeras situações.
Ora entregamos, outrora recebemos. Mas quando, realmente, conversamos?
Entendendo que “com” “versa” é a dualidade de versões de um mesmo fato ou olhar jogando por terra o absoluto.

Esta é a crise (reflexão) que me toma está manhã.

O quanto estou disposto e aberto ao colocar em palavras uma perspectiva ou receber um feedback sincero e genuíno — outra perspectiva. Principalmente, quando esta é provocadora?

O valor certo ou errado não é a medida importante. O fato de real valor é o quão presente estou ao receber este imput e principalmente, quando o faço.

Não somos preparados para conversas sinceras, abertas, livre pensamentos e trocas enriquecedoras.
Consideramos a concordância ou ausência da “discussão — debate”, como caminho ideal.

Não são.

O diferente promove o excelente. A troca de perspectiva amplia o olhar e dá bases mais sólidas pra assumir uma posição.

Aliás, esteja aberto a críticas sob seu posicionamento. Posicionamento dói, a ti e aos outros. 
Contudo é este posicionamento que forja legitimidade.

Gratidão a todos que me provocam e provam que os maiores presentes, reais, são desafios e questões essenciais.

Sawabona Shikoba!
‪#‎teencontronotopo‬

Rodrigo Hernandes 
Apaixonado por GENTE e NEGÓCIOS 
Canais: Facebook | Youtube | Instagram | Twitter
e-mail: rodrigo.hernandes@projetocuica.com.br | whats: +55 13 97417–2537

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.