Ainda que não tenha culpa, você é responsável por tudo

Existe uma grande erro que temos cometido.

Evitamos nos colocar em um papel de responsabilidade pelos problemas do mundo.

Quantas vezes eu já fiquei indignado, mas não tomei atitude alguma?

Observo as ruas sujas e não faço nada, pois a culpa não é minha. O problema é das pessoas mal educadas e do governo.

E quando o problema é dos outros, eu deixo de agir.

Me removo da fórmula e começo a acreditar que os culpados que devem corrigir aquilo que causam.

E é isso, meus amigos, que faz com que o mundo seja como ele é.

As soluções dificilmente surgem daqueles que causam os problemas. A pessoa que suja a cidade não enxerga o mal das suas próprias ações. O homem machista não enxerga o problema das suas próprias atitudes.

Então, como um indivíduo capaz de perceber o mal, me torno automaticamente responsável pelos problemas.

Culpado é aquele que causa. Já o responsável é aquele que responde e toma atitudes.

Do latim, a raiz da palavra responsabilidade é Respondere, que significa responder ou prometer em troca.

Por isso mesmo que a maioria das pessoas são apenas coadjuvantes das suas próprias vidas.

Para ser um protagonista, é preciso agir, tomar decisões e transformar o mundo.

Ao se tornar responsável, a maior de todas as mudanças começa a acontecer dentro de você.

Os problemas e as injustiças deixam de existir, dando espaço para um mindset de oportunidades, soluções e criatividade.

Se tornar responsável por tudo o que acontece com você é um fator que pode transformar completamente a sua vida, mas para isso é preciso entender bem essa diferença básica.

Ser responsável não significa ser culpado.

Você é a solução de todos os problemas. E se eles ainda existem, é simplesmente porque você ainda não acordou.


Obrigado pela leitura e espero que a mensagem te ajude de alguma forma! Caso queira colaborar com a produção dos meus textos, deixe um feedback através dos comentários e clicando no coração.

Até a próxima leitura!