Como Treinar Seu Cérebro a Ter Foco

Analisando o estudo da Harvard sobre produtividade

Vivemos na Era da Multi-tarefa.

Não apenas em nível de ação, mas também de desejos, vontades, sonhos e anseios.

Sentimos que temos tudo em nossas mãos graças à internet. Estamos em constante contato com outros indivíduos e suas experiências pessoais, o que acaba gerando dentro de nós os mesmos impulsos.

Pior. Sentimos orgulho nisso tudo e carregamos esta vida de indecisão como se fosse uma medalha.

Queremos tudo e não conseguimos nada.

Segundo uma publicação da Harvard Business Review, a questão principal é estar consciente dos seus estados mentais e emocionais.

Podemos fazer isso através da técnica apresentada como ABC:

A — Aware (Esteja atento)

Esteja consciente das suas opções. O que você quer fazer e o que pode te distrair?

Tenha consciência completa da sua tarefa. Quanto menos abstrato a sua percepção for, melhores serão as suas decisões.

Saiba o que te atrapalha e o que está removendo a sua atenção.

B — Breath (Respire)

Respire profundamente e reflita sobre as suas opções. Oxigene esse cérebro que não está colaborando com nada.

C — Choose (Escolha)

Tome a decisão apenas depois de estar consciente e presente para as opções.

Qual é a melhor opção, de verdade? O que você quer para a sua vida? O que é simplesmente satisfação momentânea e o que é investimento para o seu futuro?


Mas é só isso mesmo, Harvard?

Ok, isso não parece muito surpreendente.

É basicamente passar pela mesma situação procrastinadora, mas adicionando uma leve camada de consciência.

E será que funciona?

Em teoria sim, já que nossos atos de autossabotagem dependem exclusivamente da nossa falta de conscientização sobre o que estamos fazendo.

Vivemos no modo automático em 99% do tempo.

Processar cada pequena decisão é um trabalho cansativo demais para os nossos cérebros. Imagine só se tivéssemos que pensar em cada pequena escolha no nosso dia.

“O que eu poderia fazer ao invés de escrever? Será que existem temas melhores? Bolacha ou biscoito?”.

Temos o poder de fazer infinitos questionamentos e, por isso mesmo, é importante que tenhamos o poder de controlar quando estamos conscientes.

Ao perceber que você está fora do controle, simplesmente questione o que você deveria fazer. Use o ABC. Respire fundo e esteja presente para a sua decisão.

E não é apenas isso.

Esteja consciente das suas emoções. Estar positivo é um grande influenciador para utilizarmos o potencial máximo do nosso cérebro.

Quanto mais você compreender as mecânicas das suas vontades e humor, mais fácil será tomar as decisões corretas.

A sua produtividade gira mais em torno da autoconsciência do que de ferramentas e teorias. Esteja presente para o que realmente quer e isto já será metade do caminho para uma vida com mais foco e profundidade.


Obrigado pela leitura ❤ E caso tenha gostado da dica, recomende o texto e deixe um comentário dizendo como foi a sua experiência aplicando a técnica!

Até o próximo texto!