O Universo interno de cada um

Somos como planetas.

Giramos ao redor de outros astros, mas outros corpos também giram ao nosso redor.

Somos existências de influência multidirecional. Somos todos interdependentes.

O problema é que, muitas vezes, fazer parte de uma órbita é demasiadamente confortante. Criamos padrões cíclicos que nos mantém presos a uma determinada rotina.

Quando encontramos o nosso Sol, é difícil de se imaginar sem ele.

Para onde iríamos?

E é arrogância achar que não giramos ao redor de nenhuma astro. Existem forças que nos atraem por todos os lados.

Seu Sol não precisa ser uma pessoa. Ele pode ser um sonho, uma profissão ou um ideal. Mas no meu caso era você.

Já pensou viver em um mundo sem alguma dessas influências?

Às vezes me pego sem motivação para nada. Como se o meu centro tivesse mudado para algum lugar ainda desconhecido. Me sinto perdido, sem saber qual o meu próximo passo, sem saber o que querer.

O que fazia sentido, deixa de fazer. O que tinha cor, deixa de ter. O que causava sorriso, deixa de causar.

Então é isso o que chamam de liberdade?