Morte aos App Nativos!

Naquela pausa marota entre as minhas prioridades do dia, eu li o artigo "Native Apps are dying", sobre o fim dos apps nativos.

Achei o título 'meio mais do mesmo', mas resolvi ler. É que me cansam as visões alheias sobre o fim da web, da internet, do países, do dinheiro como moeda, etc… que simplemente falam que "pelo padrão que vejo" no cenário Z e quando "a condição dos fatores X e Y" atigirem o pico, veremos o fim de tudo como é conhecido hoje.

Espero estar equivocado na minha leitura do artigo, até porque errar faz parte do aprendizado e eu quero me manter bem longe do ponto em que "entendo tudo". Mas, vamos lá!

No artigo, o autor/a fala:

"Unbundling the app functionalities and shifting users from apps to the OS home screen and Notification center."

O argumento é que, pouco a pouco, as principais funcionalidades que hoje estão centradas nos aplicativos, serão transferidas para funções do OS em si. Seria isso um problema? Será que nos apegamos tanto a uma caixa que não somos capazes de pensar fora dela?

Não 'prevejo' a Apple atuando em todas as áreas que hoje são cobertas por todos os aplicativos que encontramos na App Store. Nem o Google, nem a Microsoft. Em um futuro próximo, não importa a forma que ele venha a ter, aplicativos (ou seria mais adequado dizer "serviços e produtos") irão ainda ter a mesma função de hoje. Ser nós, pontos de contato, com a real função que está por trás de telas e botões.

Nesse padrão mencionado, o que eu vejo são as empresas nos introduzindo essa nova camada de interação, nos aproximando do que de fato é essencial: as nossas interações (ações) e a suas respostas (notificações).

Não podemos esquecer que ‘aplicações’ são ’workflows’. Hoje, a maioria dos Apps já processam bastante do respectivos conteúdos e 'workflows' nessa tal de nuvem. Seja para aproveitar o poder de processamento dos servidores ou acessar outros serviços e oferecerem um output mais completo.

Se, em um futuro qualquer, viveremos cercados e atendidos pela Siri ou Google Now ou a Cortana (ou porque não as três debaixo de uma camada personalizada para você?), tenho certeza que toda vez que pedirmos por uma pizza ou chamarmos o uber car mais próximo, a AI irá acionar um APP, ou uma aplicação/serviço. Sem todo o imbroglio de telas e camadas, que muitas vezes atrapalham mais que ajudam.

Se esse é o fim dos Apps Nativos, que eles morram até a próxima geração de OS. Que queimem na fogueira das vaidades e renasçam feito a Fênix como aplicações enxutas e funcionais.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.