entrada e convite

Eu não sei dizer se eu me abro facilmente para as pessoas.

Quando eu percebi, já estava confortavelmente instalada em você. E eu não sei dizer quando você me deixou entrar. Eu me vi aqui e fez sentido. Eu me vi em casa e as coisas estavam certas depois de um bom tempo. Logo pra mim, que sempre senti tudo tão errado.

Talvez tudo tenha feito sentido porque você é convite. Tudo que você faz é convite pra minha entrada. O abraço. A sua mão na minha mão. O pé no meu pé antes de acordar. O peito quente depois de acordar. A risada que enche a casa e o meu coração ao mesmo tempo.

Eu ainda não sei dizer se sei me abrir para as outras pessoas. Eu sei dizer que com você, não parece existir fechadura. Todas as coisas que você fez até aqui me fizeram entrar. Todas elas, juntas e separadas viraram nossas coisas.

Que coisa bonita, essa nossa.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated nanda’s story.