O número 5 (cinco) simboliza o centro e a harmonia.

A análise oculta do número define as pessoas influenciadas por esse número como livres e disciplinadas.

Elas têm a tendência de serem ágeis na tomada de soluções. O seu bloqueio pode resultar em impaciência e inquietação.

Este número é mágico e peculiar, pois era usado pelos gregos e romanos como amuleto para proteger o portador dos espíritos malignos.

A estrela de cinco pontas, o pentágono, simboliza os quatro membros do homem mais a cabeça. É o homem perfeito com as cinco qualidades (bondade, justiça, amor, sabedoria e verdade), Deus manifestado no Ser.

O pentagrama, símbolo mágico associado às práticas de bruxaria, é um importante símbolo marcado pelo número 5. Esse símbolo é, sem dúvida, o mais reconhecido por todos os seguidores do paganismo, sendo tão antigo que sua origem é desconhecida. No geral, o pentagrama tem sido utilizado em todas as épocas como talismã.

Símbolo da união e da síntese, na medida em que o número dos dedos de uma extremidade corresponde ao número dos nossos sentidos. É a representação do controle do espírito (a ponta superior), sobre a matéria (as quatro pontas inferiores).

Note que, quando o pentagrama é desenhado dentro de um círculo, sua função é unir todos os aspectos do homem.

Na antiga Mesopotâmia, esse símbolo representava o poder imperial. Para os pitagóricos, simbolizava a saúde e o conhecimento. Entre os egípcios, o pentagrama possuía relação com as pirâmides, uma vez que representava o útero da Terra.

Na Idade Média, esse símbolo representava a verdade e a proteção contra os demônios ou maus espíritos. Para os medievais adeptos do Cristianismo, o pentagrama era atribuído aos cinco estigmas de Cristo.

Na cultura hebraica, o pentagrama representava a verdade e os cinco livros “Pentateuco” (cinco rolos), que para os judeus tem o nome de Torá, a “lei escrita” revelada por Deus.

O Pentagrama é representado na pintura de Leonardo da Vinci (1452–1519). O “Homem Vitruviano” surge dentro de um círculo, o que demostra o ciclo de todas as coisas.

O número é muito significativo para os seguidores do Islamismo, afinal são 5 os pilares dessa religião:

  • Shahada — fé

O Hamsá, também conhecido como Mão de Fátima, é um símbolo da fé islâmica cuja palavra em árabe significa 5. O mesmo representa o número de dedos da mão.

Para os Maias, carregava também uma simbologia sagrada, pois 5 é aquele que representa o deus do milho. A origem dessa crença surge por associação ao número de dias que as sementes de milho levam para germinar após a sua plantação.

O Pentagrama Investido representa o controle da matéria sobre o espírito. O homem entregue às ilusões do materialismo. Inconsciente de sua natureza cósmica, sujeito a plantar e colher o mal.

Há muito tempo esteve associado ao mistério e à magia. Note que esse símbolo foi utilizado por Satanistas Medievais em suas cerimônias que pregavam, o inverso do Cristianismo e, além disso, uma rebelião contra seus dogmas.

No século XIX o mago Eliphas Levi foi quem, oficialmente, caracterizou o pentagrama invertido como um símbolo do “mal” uma vez que a extremidade inferior, estaria apontando para o inferno. Nesse sentido, vale destacar que o pentagrama invertido, frequentemente, aparece com a imagem de Baphomet (cabeça de bode), símbolo “oficial” do satanismo.

É, geralmente, um número de confusões e desavenças, pois é uma vibração muito intensa e só alguém que compreenda sua importância poderá tornar-se um mágico. Representa a irritação e a conformação do corpo mortal à disciplina do espiritual.

É o número das pessoas espertas, inteligentes, brilhantes e impacientes. Gostam de levar a vida movimentada, adoram conhecer pessoas e experimentar novas sensações. Em sua imensa maioria, são muito atraentes do ponto de vista físico, mas eventualmente revelam-se fúteis, pois têm certa dificuldade em assumir compromissos concretos.
Depois de construir um local seguro para a família, o homem sai em busca de novas experiências, quer conhecer o mundo, usar os seus 5 sentidos (visão, audição, tato, olfato e paladar). Surge o número 5, os cinco sentidos, um ímpeto de liberdade. Para representá-lo desenhava os 5 dedos de uma das mãos. O 5 é um número sensorial.

Na medicina chinesa temos os 5 elementos (água, fogo, madeira, metal e terra), 5 sabores (salgado, amargo, ácido, picante e doce), 5 sentimentos (medo, alegria, raiva, tristeza e preocupação), relacionado às 5 vísceras (rins, coração, fígado, pulmões e baço).
O 5 está exatamente no meio dos números elementares (de 1 a 9), portanto nos permite conhecer os dois mundos e poder optar pelo divino ou pelo profano.
Liberdade, versatilidade, mudança, curiosidade, movimento, aventura, sexualidade.
No Sepher Yetzirah, o quinto caminho é a inteligência fundamental.
Na esfera superior, é o indicador das 5 letras do nome de Deus.
Na esfera do intelecto, 5 são os espíritos superiores; a inteligência, os anjos, as almas dos corpos celestes; as almas dos abençoados.
Na esfera celestial, representa os 5 planetas (Saturno, Júpiter, Marte, Vênus e Mercúrio).
Na esfera elemental, representa a água, o ar, o fogo, a terra e um outro elemento ainda desconhecido do homem terrestre.
Na esfera inferior, representa os 5 sentidos.
Na esfera infernal, representa os 5 tormentos. Os seus símbolos ocultos são: o Mágico; o Hierofante; Zeus; Nêmesis.
Cinco como emblema do fogo, foi também empregado nos ritos de Zoroastro. É um número de fogo e combate, competição e luta, pressa e raiva, e da luz, do entendimento, justiça, fé, autoridade, poder e vontade. O equivalente hebreu para o número 5 é a letra He. As vibrações são mercurianas.

Fonte: www.dicionariodesimbolos.com.br, Mapa Numerológico — Nômeruz

Encomende seu Mapa Numerológico Cabalístico: nomeruz.nc@gmail.com|Wpp: 061985669601

Francisco Pereira — Numerólogo Cabalista

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store