Tem gente que não aprende o que é ter respeito.

Ontem estava olhando uma pesquisada no Google sobre gordofobia, quando achei uma nova postagem na revista Donna, na coluna: Um Plus a mais.

A matéria era o seguinte: "Sósia GG de Gigi Hadid, modelo plus size dá resposta bem-humorada a críticas de seguidores".

Era uma matéria sobre uma modelo que usa manequim 42, e que deu um show de boa educação com uma postagem engraçadíssima que ela fez sobre os comentários maldosos que estavam fazendo com ela.

Sabemos que é estranho uma mulher que usa 42 ser classificada como modelo plussize, já que ela não é gorda, porém o que foi mais estranho foi os comentários preconceituosos, e machistas sobre as mulheres e seus corpos, mas dentre tantos comentários este foi o que mas chamou a atenção:

Este comentário é de uma falta de educação e respeito gigantesca, sem falar que dizer quais mulheres são gostosas, e quais não são, é querer comparar as mulheres a um bom prato de picanha pronto a ser degustado.

Sabemos que esta modelo da reportagem concerteza não é plus size, mas em comparação as modelos ditas " normais", que usam 36 e 38, ela é diferente portanto acaba entrando na categoria plus.

Porém não é sobre esta jovem que viemos falar aqui, e sim do preconceito escancarado pela internet contra mulheres que fogem dos "padrões".

Chamar uma mulher de mau comida, ou dizer que ela não é pluz é gostosa, é preconceito, mulheres são lindas, bonitas, maravilhosas, e tudo mais que quiserem ser, mas dizer que uma mulher é gostosa, não é elogio, é falta de educação, comidas podem ser gostosas, pessoas não, chamar um mulher de mau comida, também implica em dizer que ela não é gostosa, portanto estamos comparando as mulheres com belos pedaços de carne.

Gostosa, nunca será elogio, baleia também nunca será chingamento, chamar uma mulher de gostosa, é reforça o conceito de que mulheres são objetos, e podem ser usadas como der vontade, balei também nunca será palavrão, baleia é um lindo mamífero aquático, mas não pode ser comparada com pessoas, animais são animais, como pessoas são pessoas, e pedaços de carne, são simples pedaços de carne, não se deve comparar uma mulher com um pedaço de carne, como também não se deve comparar com um animal, além de ser anti ético, é reforça de novo a ideia de que mulheres são subcategorias de seres humanos, e podem ser taxadas como as pessoas quiserem, já que não são suficientemente aceitáveis como pessoas, oque é errado, já que nós mulheres somos pessoas, e nós não devemos ser aceitáveis, nos somos aceitáveis, nos somos seres humanos com sentimentos, defeitos, e qualidades como qualquer outro, e devemos ser respeitadas, porque não somos objetos, somos pessoas.

Like what you read? Give Norbelus a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.