Fica comigo

Sua simplicidade, seu jeito puro e espontâneo sempre me fascinaram. Um certo ar de sofisticação, nos seus gestos, como uma lady saída de um conto de fadas, me enebriavam. Sei que beijei a loucura, por tê-la junto a mim. Tudo mudou, e o caos se instalou em meus pensamentos. Difícil organizar as emoções, diante de um ser tão belo e único. Inesquecível, sua emoção diante de um buquê de flores. A lágrima que você deixou cair ainda está guardada, aqui, comigo. Eu não sabia que era a primeira vez, que você nunca havia ganhado flores. Ah, minha menina, as deusas gregas moram em ti, se apossaram do teu corpo só para embelezar a vida.

Suas atitudes diziam muito sobre você, como no dia em que você chamou o vendedor de pássaros. Comprou as duas gaiolas, e devolveu a liberdade aos pequenos passarinhos. Só as grandes atitudes expandem a nossa alma. Esse foi um dos nossos melhores dias. O resto do tempo passei lhe paparicando, cuidando de você, que é bela e rara, parecendo uma menina boba, rindo da vida e aprisionando esse teimoso coração. Teimoso porque teimo em te amar. Por mais que amemos, sempre amamos de menos. Amar é amor sem fim..

Ah, minha menina, me fizestes rei. Tudo o que eu fazia , até as pequenas brincadeiras, para ti eram como se eu fosse o homem dos homens, o amante dos amantes. Me fizeste grande, e nisso eu sou grato. Bebi teu corpo, bebi tua juventude, bebi todos os teus prazeres. Certa vez, lembra-se?, escrevi num pequeno papel, e anexei ao teu presente de aniversário: “Quem disse que as rosas não falam?” E você, numa emoção incontida, disse-me: “Falam, sim. Fica comigo, fica?” A vida não quis.