Endodontia — ou como muita gente diz, tratamento dos canais dos dentes

Isso é um canal lindo em Amsterdã, tratamento endodôntico é outra coisa :)

Bem, a cárie ou a fratura foram profundas o suficiente para atingir o interior do dente onde fica a polpa. Ali, na polpa, é onde se encontram os nervos, os vasos sanguíneos e linfáticos que dão vitalidade ao dente. Ela fica dentro da coroa do dente (a parte que a gente vê) e em canais nas raízes. Quando uma infecção chega até ela ou a fratura do dente a expõe, colocando-a em contato com o meio bucal (cheio de bactérias bacanas, mas que não devem entrar em contato com a polpa) precisamos realizar o tratamento endodôntico, extirpando a polpa, dando um acabamento bem legal nos canais, alisando bem, e depois fazendo a sua obturação. Assim, o dente, mesmo sem vitalidade, pode continuar exercendo suas funções. Entre realizar um tratamento endodôntico (agora que você já sabe que se chama assim, pode esnobar não dizendo mais tratamento de canal) e extrair um dente, opte sempre por tratá-lo. Dente é patrimônio!