Você desiste do amor quando, deveria acreditar nele

Você diz a si mesma que isso não existe mais, que as pessoas não sabem amar mais, que todo mundo está mais interessado em paquerar do que te conhecer e que está destinada a ficar sozinha. Você confia em quem não merece a sua confiança e comete o erro de dizer que todos são iguais, que todos vão embora, que todos só querem o jogo ou a pegação e você continua cometendo o erro de confiar.

Você não abre seu coração a mais ninguém porque a última vez em que fez isso foi decepcionada, e não quer passar pela mesma dor de novo. Então você assume que todo mundo que você conhece vai machucá-la e que qualquer história que possa surgir irá acabar antes mesmo de começar.

Você não consegue superar aquele cara que te machucou, ainda pensa nele, se pergunta se ele ainda irá vai voltar, se pergunta se, talvez, seus destinos possam se colidir novamente. Então você fica pendurada na ideia de que ele ainda pode ser o cara certo para você e continua esperando por algo que pode ou não acontecer.

Você dá chances a pessoa errada, porque parte de você quer acreditar que ele mudou e parte de você quer ser a razão pela qual ele mudou. Então você dá o seu coração para ele novamente e ele o quebra, em seguida, você fica se perguntando como foi enganada duas vezes pela mesma pessoa e começa a fechar seu coração ainda mais.

Você acha que não há ninguém lá fora que possa te amar porque é sempre os que você não quer que querem você, e quem você quer acaba indo embora. Você pode até sentir interesso em alguém especial, mas não diz como se sente porque tem medo da rejeição. Então você deixa seus sentimentos te atormentarem.

Você acredita que pode estar com alguém que é errado para você, porque você pode mudá-lo e você pode corrigi-lo, mas não é assim que as coisas funcionam. Então você desiste do amor, esperando que ele se desprenda de você e que se torne livre de toda dor.

Você desiste do amor por não tentar, por não abrir o seu coração novamente depois de tantas decepções e não confia em alguém novamente por causa de sua história. Você desiste do amor porque acha que não é digna. Você desiste do amor no dia em que para de ouvir seu coração e por quem ele bate.

Você desiste do amor quando, na verdade, deveria acreditar nele.

Like what you read? Give Jamir Nurnberg a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.