Candidíase em mulheres

Estudos indicam que 3 em cada 4 mulheres sofrerão em algum momento da sua vida um episódio de Candidíase, alguns hábitos que possuímos podem prevenir e até melhorar o quadro quando instalada a candidíase. Quais estratégias alimentares podemos adotar para favorecer a defesa do nosso organismo é a grande dúvida.

Em nosso intestino existem diversas bactérias que formam a nossa microbiota intestinal. O fungo é natural ao nosso organismo e junto com as bactérias benéficas mantém homeostase do nosso organismo. Quando ocorre uma multiplicação destes fungos em detrimento das bactérias benéficas uma série de sinais e sintomas são desencadeados e um deles é a candidíase vaginal.

O que afeta o crescimento da Candida em nosso intestino:

- queda na imunidade;

- Uso contínuo de antibióticos e anticoncepcionais;
 — Consumo elevado de doces;
 — Uso de álcool;
 — Diabetes;
 — Estresse crônico.

Como a nutrição pode tratar os quadros de candidíase? O tratamento da candidíase é abrangente da parte nutricional alguns pontos devem ser trabalhados.

- Inicialmente equilibrar a microbiota intestinal, favorecendo o aumento de bactérias benéficas;
 — Elaborar uma estratégia alimentar que vise a restrição do consumo de açúcares simples.O açúcar modifica o pH intestinal, deixando o meio favorável para sua multiplicação;
 — Restringir o consumo de álcool;
 — Redução do estresse com atividades prazerosas.

Sinais e sintomas para ficar atento e prevenir o crescimento de fungos patogênicos:

1. Micose na unha e na pele;
 2. Cansaço crônico;
 3. Apresenta tireoidite de Hashimoto e outras doenças autoimunes;
 4. Problemas digestivos como gases, constipação e diarreia;
 5. Dificuldade de concentração, déficit de memória e foco;
 6. Irritabilidade, transtornos de humor, ansiedade e depressão;
 7. Infecções vaginais;
 8. Severas alergias de pele de acordo com o clima, e presença de eczema e psoríase;
 9. Apetite aumentado para carboidratos refinados;
 10. Língua com saburra branca.

Algumas estratégias alimentares que auxiliam nossa defesa e equilíbrio da microbiota:

- Incluir Frutas Frescas e congeladas de baixo índice glicêmico.
 — Excluir: Leite e derivados do leite com ou sem açúcar ou adoçante. Preferir leites vegetais. 
 — Excluir: Farinhas refinadas. 
 — Entre outros.

É importante salientar que o ideal é uma avaliação individual,com um nutricionista funcional, onde, de acordo com a individualidade bioquímica de cada um é possível identificar os problema e desequilíbrios orgânicos e, então, traçar estratégias alimentares para equilibrar o organismo.

Nutricionista Ariela Issa

Like what you read? Give Nutri Gourmet a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.