3 P’s do O2

por Débora Almeida

Bom pra fechar o mês de Julho no Esquenta, lembrei a galera de algumas coisinhas que fazem a “mágica” do O2 acontecer! E como nós amamos 3 pontos e 3 letras, aí vão os 3 P’s que nos sustentam e ajudam a continuar na batalha — juntos, divertidos e esperançosos!

PERTENCER. Você pertence! Nós te aceitamos, te amamos e queremos ver sua cara bonita por aqui — chorando ou sorrindo! Não só aqui aqui, fisicamente, nos cultos, mas fazendo parte do nosso cotidiano. Não é pertencer a um rito, é a vida que a gente vive. Isso tem que cair como verdade pra você primeiro para que então você seja capaz de fazer outros se sentirem “pertencidos”! Você não está sozinho, você tem uma casa, uma família, uma fraternidade de fracos que nem você pra pertencer, ser de verdade e não precisar esconder nada :)

PASTOREAR. Aqui a gente vive na base do uns pelos outros, uns aos outros. Nós temos que ter a coragem de abrir nossa agenda, nossa casa, nossos olhos pra alcançar e atingir o próximo — amigo da alma e desconhecido — com todo amor e carinho. Cuidado, atenção, ver a vida toda. Saber que a gente está sendo cuidado nos ajuda a mesmo “feridos” cuidar de outros. Você não precisa sofrer sozinho, você pode vir ser cuidado. Você não precisa ser perfeito, você pode vir e deixar esse amor transbordar e curar outros.

PARTICIPAR. Pra o O2 continuar na vibe você (a gente) precisa 1 — pertencer; 2 — pastorear e por último, Participar! Como? 3 T’s: Tempo, Talento, Tesouro. Tempo porque pra pastorear e pertencer, pra cuidar dos outros e fazer coisas que impactem a vida das pessoas a gente precisa de tempo de preparação, tempo de trabalho, tempo de solitude, TEMPO! Talento porque isso tudo só funciona porque cada um dá o que tem, o que sabe fazer e o que se dispõe a aprender. O serviço é importante, não só pelo valor que ele dá pra gente mas pelo desenvolvido e maturidade que gera — aprendemos a lidar com equipe, pessoas diferentes, a sermos esticados, termos horário, disciplina, etc. Quando damos nosso Talento em algo deixamos nossa marca, o nosso jeito de fazer as coisas que ninguém faz igual! TESOURO, dinheiro mesmo, porque pra gente funcionar semanalmente e chegar a tantos lugares do país e do mundo pra fazer coisas incríveis, simples e transformadoras precisamos de dinheiro. Através na nossa fidadelidade e disciplina na contribuição a gente permite gerar valor dentro de nós e gerar solicitude e empatia com quem sofre e necessita! E, graças a generosidade e força de todos, temos sido capazes de ajudar no cidade, país, estado, mundo!

Não é uma ordem de infinitivos e ações, é um conjunto combinado, que misturado faz a gente acontecer e ser melhor!

Conto com vocês nos P’s e na jornada :) Feliz 2o semestre!

xoxo

Deb

Like what you read? Give O2 a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.