Marketing De Caçamba

Minha irmã está aprendendo a dirigir.

Ela começou um desafio de dirigir a cada 2 dias. Hoje à noite ela dirigiu comigo e dei nota 6 pra ela. Tá indo bem.

O certo é que chegamos na minha rua e, como ainda é difícil para ela estacionar o carro sozinha (aqui o carro tem que entrar loucamente inclinado), eu peguei o carro e fui fazer as manobras para entrar na garagem.

Quando fui em direção à rua onde faço a meia volta pra entrar do jeito certo, tinha uma carreta estacionada, o que iria atrapalhar um pouco, mas ainda seria possível.

Em cima dela, tinha um homem mechendo num poste. Não dei muita atenção. Um carro grande e um homem mechendo no poste? Deve ser da companhia elétrica.

Assim que eu entrei na rua, a carreta saiu e eu perbebi o que o homem estava fazendo. Ele tinha pendurado uma placa de propaganda no poste, e tava indo em direção ao próximo poste da rua para fazer o mesmo.

Um dos hábitos de um copywriter é analisar outras propagandas e ver como elas poderiam ser melhores.

A placa continha um simples:

COMPRE CARRADAS DIRETO DA FÁBRICA
Tel: xxxxxx

Daí eu percebi que eles estavam usando o próprio instrumento de trabalho para fazer o marketing da empresa. O que achei legal.

“Marketing, Gustavo? Será que posso chamar disso?”

Acho que sim.

O benefício “direto da fábrica” é certamente atrativo para quem precisa de carradas, porque presume-se que o material vai sair mais barato, pela ausência de um intermediário.

Meu bairro não é antigo. Ou seja, pessoas ainda fazem contruções e reformas com frequência considerável. Foi uma boa escolha de lugar.

Porém, não acho que foi um bom suporte, ou melhor, a melhor posição para posicionar a placa.

Ela ficou de frente para a rua de onde eu vinha. Ou seja, perpendicular à rua onde estava. Isso quer dizer que ela vai passar despercebida para quem dirige ou anda naquela rua.

Além disso, por ter sido posicionada a partir de uma carreta, a placa ficou muito alta no poste.

Isso seria ok se ela tivesse posicionada corretamente, fosse maior e tivesse uma cor chamativa. Mas, o único jeito de vê-la é prestar atenção total a ela (já que ela não chama), então a altura atrapalha nisso.

Se for pra não ser chamativa, que seja visível para quem passa por perto dela.


Depois que aprendi que deveria prestar mais atenção a anúncios, esse foi o primeiro que realmente parei para analisar. Vou fazer com mais frequência.


Gostou desse texto? Dá uma triscada nesse ♥ que tá por aí e deixa teu comentário.
(Desculpa se estiver meio cru, é que escrevi em 20 minutos)
Abração :D