Assembleia geral dos estudantes do curso de comunicação da Universidade de Brasília

Data: 4–11–2016

Horário previsto de início: 18h

Horário de início: 18h25

Horário de término: 22h15

Mediadora: Aíla Cohim

Segue abaixo os encaminhamentos decididos na assembleia geral de estudantes da Faculdade de Comunicação — UnB.

O quórum da assembleia foi de 230 alunos.

1. Pela greve estudantil da Faculdade de Comunicação — UnB.

A favor: 153

Contra: 18

Abstenções: 22

2. Aprovar uma comissão para alterar o estatuto do Centro Acadêmico de Comunicação (CACOM).

Aprovada por contraste.

3. Assembleia exclusiva para falar da FAC que queremos (segunda- feira, 07/11, às 18:00h).

Aprovada por contraste.

4. Autonomia da Pós-graduação para decisões que afetam seu espaço físico e atividades.

Aprovado por contraste.

5. Em relação aos TCCs:

Opção 1:

Apresentar a banca, fora do espaço da FAC, e sem lançamento das menções —

A favor — 19 votos

Opção 2:

Bancas se mantêm canceladas e alunos com casos específicos devem entrar com recurso no conselho da Faculdade de Comunicação —

A favor — 48 votos

Abstenção — 14 votos

Decidiu-se por manter as bancas canceladas.

6. Em relação ao acesso dos professores ao espaço físico da faculdade.

Opção 1:

Analisar caso a caso para que os professores tenham acesso às salas dos respectivos docentes, no primeiro andar da FAC.

A favor — 11

Contra — 43

Abstenções- 35

Opção 2:

Permitir que os professores peguem seus materiais e objetos em suas salas, localizadas no primeiro andar da FAC, até quarta-feira, 9/11. Após essa data não será liberado o acesso de docentes nos espaços ocupados pelo coletivo Ocupa FAC.

A favor — 65

Contra — 7

Abstenções — 10

Decidiu-se que os professores têm até quarta-feira, dia 9/11, para buscar seus materiais em suas salas. Após essa data não será liberada a entrada de nenhum professor nas dependências ocupadas da Faculdade de Comunicação.

7. Ressalvas sobre a nota dos professores:

Em respeito à greve Estudantil e à greve dos Técnicos, foi deliberado que o Núcleo de Tecnologia da Informação e o Núcleo Técnico Audiovisual não funcionará para empréstimo de materiais, por período indeterminado.

A decisão da assembleia é que o térreo e o primeiro andar da Faculdade de Comunicação, por fazer parte da ocupação e armazenar equipamentos, estarão fechados e inativos, por questão de segurança. Isso inclui ilhas de Edição, laboratórios multimídia, laboratório de áudio e salas de professores.

Os eventos de extensão devem acontecer apenas no auditório, pós graduação, prainha, ou fora do espaço físico da FAC. Estes eventos não devem ser avaliativos.

Em relação ao item “f” da nota conjunta dos professores e do conselho da FAC, deliberou-se que as pessoas envolvidas com o concurso dos docentes terão acesso às dependências da instituição. A Ocupa FAC articulará a logística e uso do espaço físico com os responsáveis pelo concurso, pensando na segurança dos estudantes da ocupação.

Foi deliberado que será aberto um diálogo com os servidores da secretaria para definição do período que a própria funcionará, assim como seus serviços básicos.

A Ocupa FAC está aberta para diálogo com todas as categorias envolvidas (professores, servidores, técnicos e terceirizados).

Atenciosamente, Ocupa FAC.