Sob o Capuz — #5

Diário do EscribaEncapuzado.com.br — 15/10/15

A inveja é uma merda, não? Principalmente quando se é escritor. Digam o que quiserem, não é possível que, lá no fundo, nenhum escritor sinta uma pontinha sequer de inveja quando recebe a notícia de que algum colega de ofício conquistou algo incrível: reconhecimento em um concurso literário, bolsa residência no exterior, crítica positiva em um jornal de grande circulação, proposta para transformar vlog em livro, etc. etc. etc.

Não é bonito, não mesmo; é um monstro, de olhos verdes, gigantesco, maligno. Faço o possível para afugentá-lo, mas, às vezes, seu horror é grande e intimidante demais. Melhor parar meu mimimi por aqui… vamos tentar agregar algo valioso à vida, que tal?

Expandindo Horizontes

Abrindo a mente: pare o que estiver fazendo agora (lendo este diário, no caso) e confira esses três textos do Gustavo Tanaka, empreendedor e autor do livro 11 Dias de Despertar — Uma Jornada de Libertação do Medo.

O Gustavo defende a quebra de paradigmas, novas formas de pensar (e viver) fora da caixinha. Diferente do costumo ver/ler/ouvir por aí, identifiquei-me com as ideias dele. Já perdi as contas de quantas vezes me vi questionando minhas atitudes diante da vida, mas questionando, principalmente, quem sou hoje e quem quero ser de verdade.

Às vezes é exaustivo viver em eterno autoquestionamento, mas ainda pior é sentir-se constantemente insatisfeito. Vou acompanhar as ideias do Gustavo de perto… talvez o leitor também devesse.

Star Wars — Rebels: já tô entrando no clima para o novo filme da saga que estreia em Dezembro. Impressões? Apesar de se tratar de uma animação exibida no canal DisneyXD, a série não é infantil e, com certeza, agradou este fã de longa data.

Os personagens me conquistaram já no episódio piloto — com pouco mais de 40 minutos, este é quase um filme -, em especial o Jedi renegado Kanan Jarrus, a piloto Twi’lek Hera Syndulla e o Lasat Garazeb “Zeb” Orrelios.

Uma curiosidade: a aparência de Zeb é inspirada na primeira versão de Chewbacca desenhada por Ralph Mc’Quarrie. A série já está na segunda temporada. Assim que terminar, eu parto pra leitura de Star Wars — Um novo amanhecer, livro canônico que narra as origens de Kanan e Hera.

Para ler

Livros de Star Wars: aproveitando a deixa, aí vai uma dica esperta para os fãs; a Editora Aleph está (re)publicando vários livros deste fantástico universo criado pelo tio George Lucas.

Até o momento a seleção tem sido impecável e a editora tem alternando os novos livros canônicos, os quais integram a história oficial de Star Wars sob a chancela da Disney, com os do selo Legends (Lendas). Aliás, muito esperta essa manobra do Sr. Mouse para fazer mais dinheiro com o universo expandido antigo — pré O Despertar da Força.

Serão 10 livros por ano, se bem me lembro, e os de 2015 são:

Selo Legends:

Trilogia Thrawn:

Canônicos:

Recomendo fortemente a leitura da Trilogia Thrawn, ambientada cerca de 5 anos após o Episódio VI (numa linha de tempo alternativa, claro), e de Sombras do Império, que se passa entre os episódios V e VI. Os demais ainda estão na minha lista.

De ontem

_________________________________________________

Visite o Escriba Encapuzado!

Confira histórias, crônicas, resenhas, dicas para escritores e muito mais. Acesse agora mesmo e conheça!

http://www.escribaencapuzado.com.br

_________________________________________________

Direitos Autorais:

Este texto está licenciado sob uma Licença Creative Commons (Atribuição/Uso Não-Comercial/Vedada a Criação de Obras Derivadas). Leia atentamente os termos de uso do texto e mais detalhes da licença aqui.

As imagens utilizadas na capa foram coletadas na Internet, em diversos sites. Os autores que reconhecerem seus trabalhos e não quiserem que estes apareçam aqui devem entrar em contato.

Todos os direitos sobre quaisquer marcas e obras mencionadas aqui pertencem a seus respectivos proprietários

A single golf clap? Or a long standing ovation?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.