Ler esse ótimo texto me fez lembrar exatamente da minha primeira decepção com a universidade.
Ana Luiza Becker
31

Exatamente, Ana Becker! Nem preciso me informar sobre qual Universidade você se refere para saber que o prognóstico da história é sempre o mesmo. 
No mais, as instituições de Ensino Superior não passam de uma extensão do que são nossas escolas — com a diferença de que a primeira, por estar um passo à frente, se coloca num pedestal ainda maior: fragmentada, segmentada, isolada do todo, distante do novo, cega ao avanço, com as portas fechadas à reflexão. 
E você, falando de Filosofia, esse campo do conhecimento tão fascinante (me recuso a chamar de disciplina), me fez lembrar que nas escolas, em vez de transmitirem aos alunos os pensamentos dos grandes filósofos, consequentemente os fazendo filosofar, se contentam em ensinar a história da filosofia. Aí os alunos ficam sabendo em que época viveram Platão e Kant, mas não sabem nada sobre seus pensamentos. 
A educação, o princípio do conhecimento vivo, muitas vezes está circulando mais nos pátios do que dentro das salas de aula.

A single golf clap? Or a long standing ovation?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.