Novo Aurélio

Passei o dia ressignificando os espaços de minha casa
Desimpedestei do altar pessoas que pensava amar 
Pintei uma parede com minhas expectativas
E apaguei logo depois
A ansiedade cochichou e dei de ombros

Criei novas palavras
Misturei sentimentos de paletas diferentes
Onde estava aquele sonho que guardei na gaveta?

Entendi que a vida era curta demais para usar só palavras que existiam 
Para me apegar a sentimentos desgastados
Ou para guardar sonhos em gavetas

A vida agora parecia infinita.

  • ***