Lomotragédia

Depois de me aventurar no filme, com alguns sucessos e muitos fracassos, decidi que era hora de ir para a Lomo. A Amber tem uma e eu olhei para ela e pensei, “por que não, né mesmo?”.

Só que há um problema nessa história: eu não tinha — na verdade ainda não tenho — a menor ideia de como funciona uma máquina automática analógica. Como já disse antes, eu sou novato nessa história de fotografia e antes era o babaca que falava NOSSA MAS FOTO É UMA MULETA PRA TEXTO RUIM. Se vocês acham que eu já falo merda hoje, precisam conhecer o Julio pernóstico da faculdade de jornalismo. Mentira, não precisam. Ele era um idiota.

Voltando a Lomo. Peguei ela e já fui para o YouTube ver como funciona. Como colocar o filme? Como funciona o esquema de profundidade de campo? Cadê o anel de foco dessa caralha? Enfim, todas essas dúvidas que afligem o novato em Lomos. E o YouTube, maior oráculo da nossa geração, respondeu tudo.

Só que não adianta nada ter um puta oráculo e não entender o que ele fala. Sai com a La Sardina em mãos, pronto para umas fotos olho de peixe no melhor estilo capa-de-cd-hardcore-dos-anos-90. Achei que estava abafando, apesar de não entender até hoje a ausência do barulho do obturador. Até entendo, mas discordo. Fiz fotos da Amber, dos gatos, da xícara e de tudo mais que estivesse perto de mim. Estranhando a falta do barulho, fui pesquisar o que eu tinha que fazer para que o clique mágico acontecesse.

Daí que a internet não perdoa. Com um BURRO! gigante piscando na tela, o Google me avisou que eu tinha de puxar a lente girar até conseguir ler ONLY SHOOT IF YOU READ ME em letras garrafais. Óbvio que eu não tinha feito isso e óbvio que perdi 12 poses das 36 do filme.

Saí para rua com as informações na cabeça e, claro, esqueci de girar a lente algumas vezes. O resultado: das 36 poses, consegui perder 24. Sim, eu perdi 2/3 de um filme por pura e completa burrice.

As 12 fotos que sobraram são esse resultado pavoroso abaixo.

A pior galeria de fotos que você verá na sua vida!

Como brasileiro não desiste nunca, coloquei mais um filme na Lomo e fui para a rua. Em breve dou notícias dessa batalha incrível entre a minha burrice e a fotografia analógica.



Like what you read? Give Julio Cesar Soares a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.