Porque é que o meu gato me morde?

Uma mão arranhada e mordida diz-nos logo que a pessoa deve ter um gato. Isto é uma situação comum entre todos os donos.

Mas então porque é que os gatos nos mordem e arranham? O que podemos fazer para o evitar?

Podemos dividir esta agressividade em quatro: medo, brincadeira, durante o mimo e redireccionada. Ainda devemos descartar que o gato esteja a sofrer com alguma doença e por isso esteja mais sensível.

Agressão por medo

A agressão por medo acontece quando o gato está assustado mas não consegue fugir. A tendência dos gatos com medo é fugirem. Mas quando encurralamos um gato com medo ele não tem outra opção: tem que atacar para se defender. Assim, o gato está encolhido num canto e a bufar. Quando nos aproximamos tenta atacar primeiro com a pata. A única forma de evitar é não expor a situações que lhe provoquem medo (ex. estranhos) ou permitir a sua fuga. A agressão por medo só acontece quando o gato está assustado e encurralado.

Agressão por brincadeira

A agressão por brincadeira acontece quando o gato está a brincar e não controla a força. Para os gatos brincar é simular a situação de caça. Mas normalmente enquanto brincam com os irmão de ninhada aprendem a controlar a força da mordida e a retrair as garras. Se magoam os irmãos, estes ou os magoam de volta ou fogem deixando-o sozinho e sem quem brincar. Quando o gato não aprende isto com os irmãos, cabe ao dono fazer o mesmo. Quando fores mordido pelo gato, simplesmente deixa de brincar com ele e ignora-o. Outra técnica é focar a brincadeira em brinquedos apropriados e não nas nossas mãos. Desta forma o gato aprenderá a controlar a força enquanto brinca.

Agressão durante o mimo

Já estiveste a fazer festas ao gato e de repente levaste uma trinca? Mas então ele não estava a gostar? Pensa-se que esta é a forma de o gato transmitir que já chega de mimos. Antes de morder és capaz de o ter visto a agitar a cauda e rodar as orelhas: tudo sinais de que o gato está a ficar cansado. Se não queres levar uma trinca, o melhor é parares de dar mimo ao gato quando vires estes sinais.

Agressão redireccionada

A agressão redireccionada é exactamente o que diz o nome: o teu gato estava chateado com outro animal mas tu é que levaste. Isto acontece por exemplo quando o gato vê outros gatos lá fora através da janela. Ele quer bater-lhes por invadirem o território. Como não pode sair de casa, acaba por descarregar em quem estiver mais próximo e que não tem culpa: normalmente o dono. Também acontece quando o gato não gosta das tuas visitas e quando o tentas guardar num quarto acabas por ser arranhado. Ele queria atacar os convidados e não a ti, mas como não pôde foste tu a vítima. Na agressão redireccionada a única forma é evitar que o gato queira agredir: fechando a janela ou guardando-o num quarto antes das visitas chegarem. Na agressão redireccionada acabas por ser a vítima da raiva que o teu gato tem por outros indivíduos.

Os vossos gatos costumam arranhar ou morder? Como é que lidam com isto? Contem-nos nos comentários e recomendem :)