O poder do mockup

O mockup NÃO substitui um bom conceito. Seu trabalho e esforço devem se concentrar na criação do trabalho. Ele é a base de tudo e, quando bem executado, o mockup serve apenas como cereja do bolo.

Você acabou de terminar um projeto de design e não vê a hora de enviar ao cliente. Na tela tudo parece ótimo e você, estando a par do processo evolutivo do seu conceito, vê claramente como o resultado final está de acordo com o que foi pedido.

Porém existe ainda uma última etapa a cumprir para que sua mensagem esteja completa: preparar o mockup.

Não estou falando para você necessariamente produzir materiais físicos — dependendo do projeto isso pode ser necessário e até mais benéfico.

A questão é que, em alguns casos, o cliente não consegue imaginar o seu trabalho sendo aplicado no mundo real. Ou então ele tinha imaginado algo baseado em o que já viu por aí e, ao olhar para seu trabalho em um simples fundo branco, pode achar que ‘falta algo’.

Esse ‘algo’ é o mockup; é a visualização do logo, da marca, do anúncio, do cartão, em seu habitat natural.

Além de ser uma ferramenta poderosa que ajuda a vender uma ideia, o uso de mockups é importante para você, o designer. Eles podem te ajudar a enxergar seu trabalho em situações reais, revelando nuances, oportunidades e equívocos antes ocultos.

Rótulo de vinho flat

Rótulo de vinho com mockup

E hoje em dia é muito simples criar isso, mesmo que você não seja expert em Photoshop e afins. Sites como PSDCovers oferecem uma enorme variedade de mockups para livros, revistas, cartões, copos, e por aí vai.

Usando Actions e Smart Objects, em poucos segundos você transforma seu design em algo palpável. E claro que se você for ao amigo Google e buscar por mockups vai passar um bom tempo escolhendo entre inúmeras opções gratuitas.

Entretanto, quero deixar algo bem claro: o mockup NÃO substitui um bom conceito. Seu trabalho e esforço devem se concentrar na criação do trabalho. Ele é a base de tudo e, quando bem executado, o mockup serve apenas como cereja do bolo.

Aliás, não ache que estará enganando o cliente ao usar um lindo mockup. Afinal, se o seu produto é bom, ele merece ser mostrado da melhor forma possível — que o diga o Mc’Donald’s. ;)


Originally published at opellicano.wordpress.com on November 28, 2015.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Pedro Pellicano’s story.