Whiplash — Em busca da perfeição

Tenso. Empolgante. Visceral. Assim é Whiplash, o longa fala sobre Andrew Neyman (Miles Teller), um jovem estudante de música que sonha em se tornar uma lenda do Jazz. Após ensaiar incessantemente, Andrew, consegue uma vaga para se tornar o baterista substituto na banda da escola, que é comandada pelo rígido professor Terence Fletcher (J.K. Simmons).

Andrew e Fletcher, em um dos exaustivos ensaios em busca da perfeição.

A partir desse momento, a obsessão toma conta do filme, Andrew em busca do seu sonho, se tornar uma estrela do Jazz, e do seu professor, em querer descobrir um novo gênio da música em suas aulas.

As cenas da dupla são simplesmente incríveis, confesso que o filme mexeu comigo ao ponto de sentir o impacto dele fisicamente, com tensão, arrepios e altas doses de adrenalina. Parte do filme é baseado na experiência do diretor / roteirista Damien Chazelle como integrante de banda no ensino médio. Chazelle afirmou que foi intimidado por instrutor de banda depois de uma exibição.

Miles Teller, que toca bateria desde os 15 anos, ficou com bolhas nas mãos devido ao estilo vigoroso, não convencional da bateria de jazz. Um pouco de seu sangue ficou nas baquetas e no instrumento.

Whiplash conta ainda com as presenças de Paul Reiser, Austin Stowell, Jayson Blair e Melissa Benoist. Esta última, conhecida pelo papel de Marnie em Glee, se destaca pelo jeito descolado/perdido e pelo rosto bonitinho. Ela vive Nicole, interesse amoroso de Andrew, antes dele perceber que seu único interesse era ser um músico renomado.

Trailer legendado

Por Paulo Sérgio / @ahpaulim

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.