A vida assusta menos quando temos alguém do nosso lado

Estou me sentindo cansado e sozinho. Eu queria ter uma pausa da vida. De tudo. Todos os dias, vejo a mim e outros correndo tanto e não sei pra onde. Eu queria ser que nem as outras pessoas que não se sentem incomodadas e deslocadas com a estrutura de vida do mundo. Que se satisfazem em viver do jeito que dá. De viver aguentando a vida. De passar o dia inteiro trabalhando em uma lanchonete de fast-food, por exemplo. Fazendo sucos, vitaminas, salgados. E a noite ir estudar, seja para concurso, seja para faculdade ou até mesmo para terminar o ensino médio. Eu acredito que essas pessoas conseguem aguentar o tranco da vida quando se sentem amadas. Elas podem ter namorados ou namoradas, uma boa relação com a família, amigos próximos que podem convidar para sair, beber, brincar, fazer piada. Elas tem uma vida dura, cansativa, mas são leves nos relacionamentos. Elas conseguem se energizar, buscar consolo e até mesmo sentido nas suas relações. Acredito que quando você tem uma rede de pessoas para acolhê-lo de verdade, a vida se torna leve, por mais pesada que ela seja.

Mas quando se está sozinho… os dias passam penosos. A única distração é o trabalho ou o estudo, onde é a única coisa que me faz ter sentido em continuar os meus dias. Trabalho por mim e também por respeito a todas as outras pessoas que também estão suportando a rotina de trabalho. Talvez essa seja uma maneira de eu não me sentir tão sozinho.

Mas sinto falta dessa rede de relacionamentos. Sinto-me sozinho ao ponto de ter vontade de chorar. Sinto-me deslocado das pessoas, não consigo me fazer entendido. Não vejo a possibilidade de encontrar algum parceiro. Eu gostaria de dar uma pausa na vida, para que eu pudesse entender o meu espaço nessa corrida.

Não sei nem o que escrever. Estou angustiado e assustado de viver nesse mundo. É uma luta contra a morte o tempo inteiro: a doença, o vício, a violência, a fome… Eu não quero enfrentar essas dores sozinho. Eu quero fazer alguma diferença nessa estrutura de miséria que criamos para viver. Mas eu preciso de ajuda como qualquer um.

Sinto-me sozinho. Estou assustado com o mundo.