Eita planetinho bagunçado, não? Não consigo nem arrumar meu quarto direito, quem dirá o mundo inteiro.

Ainda nos dizem que nossa geração que está destruindo tudo, meus queridos, não fui eu que saí destruindo o pouco pensando “Deus é bom, vai me mandar o dobro”. Tanto verde que já nem vemos mais, corrompido pelo cinza opaco de uma cidade monótona de cigarros e putas de luxo, ou lixo, que nem sabem o seu nome. Pagas com combustível diesel, um cabo elétrico e um Iphone. 
Você ainda põem o dedo em minha cara, me chama de hipócrita ingrata, rebelde sem causa, ou casa, sonhadora de uma utopia nunca vista que mal nasceu e… Já foi corrompida. 
Já dizia Renato Russo “somos o futuro da nação”, porém, que futuro é esse nascido do lixo da cultura do roubo e do fascismo, onde até respirar ficou dificil?

Entende a gravidade da situação? não né. Ficou dificil tirar os olhos da tela e ver como o mundo realmente é, né?

Show your support

Clapping shows how much you appreciated rosa’s story.