Dos 0 aos 12 meses: o que esperar do seu bebé?

De um recém nascido totalmente indefeso para um bebé activo, uma transformação alucinante em apenas 12 meses. Os bebés crescem e mudam a um ritmo vertiginoso e todos os dias existem desenvolvimentos excitantes.

Saber se o seu bebé se está a desenvolver conforme o esperado gera enorme ansiedade, especialmente no primeiro filho. Todos os bebés têm um ritmo de desenvolvimento próprio e não existem idades específicas e inalteráveis para cada etapa. Se o seu bebé começar a andar aos nove meses, será expectável que comece a falar um pouco mais tarde do que o “previsto”. Porquê? Porque estará muito ocupado a tentar andar melhor, a subir e descer para todo o lado.

Tendo tudo isto em conta, dos 0 aos 12 meses: o que esperar do meu bebé?

Dos 0 aos 3 meses

Durante este período, o seu bebé começa a aperceber-se do mundo exterior. O seu bebé poderá:

  • Sorrir. No início, sorri para ele próprio, mas por volta dos três meses poderá sorrir em resposta ao seu sorriso ou pode mesmo tentar que lhe devolva o sorriso;
  • Levantar a cabeça e o toráx quando está deitado de barriga para baixo;
  • Começar a seguir os objectos com o olhar;
  • Abrir e fechar as mãos. Tentar introduzir as mãos na boca e apanhar objectos.

Dos 4 aos 6 meses

Nestes meses aperfeiçoam o uso de umas ferramentas fantásticas, as mãos. Também começam a descobrir a voz. Então, será de esperar:

  • Rebolar. Provavelmente de barriga para as costas, será a primeira conquista;
  • Vocalizações;
  • Rir;
  • Alcançar e agarrar objectos (Cuidado com o cabelo!);
  • Sentar-se com apoio e conseguir controlar a cabeça.

Dos 6 aos 9 meses

Depois de descobrir que consegue rebolar, o seu bebé vai tentar perceber como conseguirá mover-se para a frente e para trás. A partir do momento que começa a gatinhar, chegou a altura de tornar a sua casa “à prova de bebé”. Neste período, o seu bebé pode:

  • Gatinhar. Embora, alguns bebés nunca cheguem a fazê-lo. Começam logo a andar! (Foi o caso do nosso B.);
  • Sentar-se sem apoio;
  • Responder a palavras familiares, como por exemplo o nome. Pode começar a tentar dizer “Mamã” ou “Papá”.
  • Bater as palmas e tentar jogar ao “cucu!”;
  • Pôr-se de pé com ajuda.

Dos 10 aos 12 meses

Nesta altura, será de esperar:

  • Tentar alimentar-se sozinho. Neste altura, já deverá ser capaz de fazer a “pinça fina”, ou seja, de agarrar pequenos objectos ou comida entre o 1º (polegar) e o 3º dedo (indicador);
  • Movimentar-se enquanto se apoia nos móveis, no cão lá de casa ou em tudo em que se consiga agarrar;
  • Dizer uma ou duas palavras. Parabéns, esqueça o seu nome! O seu filhote acabou de alterar o seu nome para “Mamã” ou “Papá”;
  • Apontar para objectos que pretende, chamando a sua atenção;
  • Começar o “faz de conta”, imitando as pessoas que o rodeiam. Como por exemplo, falar ao telefone;
  • Os primeiros passos.

Jennifer Shu, MD, pediatrician and co-author, Heading Home with Your Newborn: From Birth to Reality. The American Academy of Pediatrics: “Developmental Stages.”


Publicado originalmente em www.origamikids.pt.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Origami Kids’s story.