Print do link onde foi encontrada a pesquisa

Religião é vertente com maior número de instituições em São Paulo

Na cidade de São Paulo, o número de associações sem fins lucrativos chegou em 18.066, segundo pesquisa feita em 2010 pelo IBGE. Entre todas as vertentes de atuação, a religião vence de todas as outras, totalizando 6.685 instituições. Entre elas, estão as que atuam nas áreas de assistência social (2.352), saúde (590), cultura e recreação (1.921), saúde (590), entre outras.

Se compararmos com o âmbito nacional, as que administram cultos religiosos ou serviços interligados com o tema representam 28,5% do total, somando 82.900.

É possível discutir se este número pode diminuir constantemente nos próximos anos, tendo em vista que as instituições mais recentes, em sua maioria, priorizam o a defesa dos direitos e interesses do cidadão. Das que nasceram em 2010, 30,6% priorizam o tema, contra os 27% religiosos.

Com os números apresentados, é possível discutirmos como atuam as associações religiosas e como elas ascenderam tão rapidamente a ponto de, pelo menos nos números, carregar mais importância do que outras vertentes tradicionais, populares e importantes.

Entretanto, a saturação pode indicar uma queda? O número existente já supre as necessidades religiosas das pessoas ou é ideal? Investimento em outros focos seria importante?

Grupo: Coletivos que lutam pelo direito à cidade.

Caio Delcolli, Oscar Brandtneris e Thaís Valverde Faria.

Like what you read? Give Oscar Brandtneris a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.