teu barco à deriva (ou o nome dos anjos)


teu barco à deriva, minha rota
és minha sina, tece-me a boca
baco em carne, beija-me em troca
da alma deste aqui, vil sonata
.
vê-me em sonhos, voz fria e rouca
enfia-me os espinhos na testa
fauno castanho, toca-me, (in)festa
és tinta escura, face barroca
.
jesus do teu judas, arte, gael
seco-te lágrimas, prova meu mel
doo-te a voz, amante fiel
.
crava-te o peito, limpo (a)bel
amo-te todo, não sejas cruel
ainda sigo teu barco de papel