Teoria Stranger Things (I’m The Monster)
Abner Pereira
811224

Muito boa! Comprei muito a parte da El ser o monstro!

A parte de viagem do tempo, porém, bastante delicada. Vamos lá. Tentar conectar os pontos, pois viagem temporais geralmente são bem chatas de fecharem certinhas. (Não estou te criticando, adorei a teoria, só quero ajudar a fechar todas as pontas soltas.)

1- Se El ja tinha o monstro na sua consciência enquanto fazia os experimentos no tanque, quer dizer que aquele futuro sempre existiu, mesmo sem elas terem feito contato e abrir a fenda.

Mas segundo a sua linha de raciocínio, ela acaba virando o monstro devido aos acontecimentos vistos na série, que acontecem devido à abertura da fenda. (O monstro precisa da fenda pra existir nessa linha de raciocínio)

Maaas, se ele já existia na consciência dela, ele já existia sem a fenda. (Como o monstro apareceu lá antes da fenda ser aberta?)

Fica uma contradição bem louca aí.

2- a marca do fogo no chão. A casa é remodelada no fim da temporada e a marca some. Logo, ela não deveria existir no futuro.

3- os personagens conseguem se ouvir. (Will consegue falar com Joyce e Jonathan consegue ouvir os gritos desesperados de Nancy.) Se eles estão em tempos distintos, como isso é possível?

Só pensei nestes 3 grandes. O que você acha?

Quanto a El e o monstro serem a mesma “pessoa”. Até agora perfeito!

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.