2:02 am

Feche as portas

Mas deixe um feche

Afie as facas sem cortar o meu peito

Pois as lâminas da tristeza são como a represa

Que afoga o sujeito fazendo-a de presa

À margem do rio, levado a nascente

O jovem sem chão pisara nos vidros

Sentira a dor e andava aos fios

Like what you read? Give Pablo Mello a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.