Lembre-se da última eleição do Papa

A vida traz surpresas boas que a compreensão humana desconhece.

O nome de Jorge Bergoglio não era tido como um potencial candidato a vir ocupar o cargo vacante de Papa.
Não figurava entre os mais tietados e com o maior número de votos que corria a boca pequena nos corredores do Vaticano.

Mas ele venceu, deixando perplexo os favoritos.

Assim, espero lembrá-los que aquilo que muitas vezes parece determinado a ser óbvio, nem sempre o é.