Quais são suas chances de passar em um concurso público?

Por Gabriel Henrique, coach de eficiência e professor da Central de Concursos

Prova de concurso ocorre sempre no dia mais preguiçoso da semana: domingo. É por isso que boa parte dos inscritos repensa se deve ou não passar, no mínimo, três horas trancado em uma sala, respondendo a uma série de questões.

Nessa hora, entre 50% e 60% dos candidatos desistem — é essa a taxa média de abstenção dos concursos públicos. O pensamento deles, depois de se inscreverem por impulso, é um só: “não vou passar. Deixa para lá”. Ou seja: mais da metade dos seus concorrentes nem aparece para fazer a prova — e suas chances são maiores do que imagina.

Quer outro incentivo? Apenas 8% dos candidatos se preparam de verdade para um concurso. Isso quer dizer que muita gente não estuda o tempo necessário — não busca ajuda de especialistas. Ou até busca, mas não se prepara adequadamente.

Para ter chances reais, em um concurso com nível de exigência menor, você precisa de, pelo menos, cinco meses de preparação. E não adianta estudar da forma errada. É como tentar derrubar uma árvore com um machado cego.

Você precisa conhecer as técnicas de estudo e ver qual funciona para você. As melhores dicas são:

  • Não saia da sala de aula com dúvidas;
  • Não se baseie apenas em provas anteriores (você pode perder temas que ficaram de fora do último exame);
  • Não deixe para a última hora (como muitos faziam no colégio);
  • E não desista no primeiro tombo — só é aprovado quem persiste.

Faça do concurso um projeto de vida. Conte com a gente para começar a se preparar hoje mesmo.