Sinto prazer, qual o problema?

Antes eu associava prazer a sexo e falar sobre sexo era totalmente proibido. Tá, isso é coisa mais da geração baby boomers (dos que nasceram entre 1940 e 1960), mas acredito que o problema ainda persiste.

Vivemos numa sociedade patriarcal e capitalista onde o machismo impera, não dá para negar. Se uma mulher já teve relações sexuais com vários homens ou homens comprometidos é chamada de “vaca”, “puta”, “fácil”, “dadeira”, “maçaneta” e tantos outros termos que nem conheço. Já o homem é chamado “garanhão”. E quer saber? Nós mesmas, mulheres, colaboramos para perpetuar essa visão machista porque nos desvalorizamos.

Vamos ter prazer, e prazer não necessariamente é prazer sexual. Faça coisas que te dão a sensação de completude, de alegria, de estar bem com a vida e curta isso. Seja consciente que esse prazer é tão prazer quanto o que você pode ter na cama com seu parceiro(a).

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Pat Carvalho’s story.