This story is unavailable.

Não convivo bem com amarras. Meus relacionamentos duram anos, mas sempre sou eu que pula fora…

Gosto de me sentir livre e senhora do meu destino e isso não me impede de amar profundamente. Embora a maioria dos homens não saiba lidar com mulheres como eu — confesso, sou anormal —, consegui desenvolver técnicas para lidar com eles. E sou feliz assim. Apaixonadamente livre.

Não entendo muito as mulheres que precisam de uma âncora masculina para se definirem, mas tento não julgar. E parafraseando Aguinaldo Silva, eu sou minha melhor companhia.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.