Fazer jogos para vocês será um privilégio
glauber
764

No último ano desenvolvi um jogo para crianças surdas. A ideia surgiu quando ao revisitar meu jogo favorito pensar "como uma criança surda se sentiria ao imaginar que aquele jogo foi feito só para ela?" e mais que isso "se ele puder ajudar?". Assim após pesquisas e muito trabalho, surgiu nosso jogo educacional para auxiliar crianças surdas na aprendizagem da língua portuguesa. E mesmo após sua publicação ainda temos receio de ter feito uma escolha que não fosse bem vista pela própria comunidade de surdos, principalmente por nenhum dos responsáveis pelo desenvolvimento ser surdo, o que não ocorreu (até agora pelo menos). Então sim, é um privilégio e uma honra fazer jogos que nos tiram da nossa zona de conforto. É revigorante assistir a reação dessa criança ao utilizar o jogo que você fez só para ela. Ainda podemos sofrer com a indignação de muitos, mas continuaremos desenvolvendo jogos para quem os desejar. Parabéns pelo texto Glauber, foi mais um ponto de inspiração para continuar o trabalho.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.