Frases de G. K. Chesterton

G. K. Chesterton

“Chegará o dia em que teremos que provar ao mundo que a grama é verde.”


“O que o mundo hoje espera de um católico é que ele respeite todas as religiões, exceto a sua própria.”


“Há grandes homens que fazem com que todos se sintam pequenos. Mas o verdadeiro grande homem é aquele que faz com que todos se sintam grandes.”


“A maneira de apreciarmos uma coisa é dizermos a nós próprios que a podemos perder.”


“Só uma coisa morta segue a correnteza. Tem que se estar vivo para contrariá-la.”

O Homem Eterno, 1925


“Falácias não deixam de ser falácias só porque estão na moda.”

ILN, 19/04/1930


“A Bíblia nos diz para amar nosso próximo e também para amar nosso inimigo; provavelmente porque eles são a mesma pessoa.”

ILN, 16/07/1910


“Há aqueles que odeiam o Cristianismo e chama esse ódio um completo amor pelas outras religiões.”

ILN, 13/01/1906


“O ideal Cristão não foi tentado e considerado imperfeito; ele foi considerado difícil e não foi tentado.”

O que há de errado com o mundo, Capítulo 5, 1910


“Estes são tempos em que se espera do Cristão que ele admire todo credo, exceto o seu próprio.”

ILN 11/08/28


“Idolatria é cometida, não somente pela instituição de falsos deuses, mas também, pela instituição de falsos demônios; fazendo os homens temerem a guerra e o álcool, ou a lei econômica, quando eles devem temer a corrupção espiritual e a covardia.”

ILN, 11/09/1909


“A maior parte da liberdade moderna tem sua raiz no medo. Não é que somos tão corajosos para nos submeter às leis; é que, ao contrário, somos muito tímidos para nos submeter às responsabilidades.”

O que há de errado com o mundo


“Arte, como a moralidade, consiste em traçar uma linha em algum lugar.”

ILN, 5/5/1928


“Supõe-se que o cético não tem viés; ao passo que ele tem um viés muito óbvio em favor do ceticismo.”

ILN, 04/05/1907


“Se não houvesse Deus, não haveria nenhum ateu.”

Todos os caminhos levam a Roma, 1922


“Os mistérios de Deus são mais satisfatórios que as soluções humanas.”

Introdução ao Livro de Jó, 1907


“Os homens não discordam muito nas coisas que eles consideram más; eles discordam, enormemente, sobre que males eles considerarão desculpáveis.”

ILN, 23/10/1909


“Muito capitalismo não significa muitos capitalistas, mas muito poucos capitalistas.”

The Uses of Diversity, 1921


“O argumento real contra a aristocracia é que ela sempre significa o governo do ignorante. Pois, a mais perigosa forma de ignorância é a ignorância do trabalho.”

NY Sun 03/11/1918


“Liberdade religiosa deve significar que todos são livres para discutir sobre religião. Na prática ela significa que a quase ninguém é permitido mencionar o assunto.”

Autobiografia, 1937


“Eu daria à mulher não mais direitos, mas mais privilégios. Ao invés de mandá-la procurar aquela liberdade que, notoriamente, prevalece em bancos e fábricas, eu, especialmente, projetaria uma casa em que ela pudesse ser livre.”

O que há de errado com o mundo


“Ter o direito de fazer uma coisa não é, em absoluto, estar certo em fazê-la.”


“Ultimamente não temos tido boas óperas cômicas, pois, o mundo real tem sido mais cômico que qualquer ópera imaginável.”


“O reformador está sempre certo sobre o que está errado. Ele, geralmente, está errado sobre o que está certo.”



“Se tornar um Católico não é deixar de pensar, mas aprender a pensar.”