#7 Os Riscos na Parede

Na casa da nossa filha Michelle, bem na divisão entre a sala e a cozinha, tem umas marcas discretas na parede, riscos de lápis no sentido horizontal, com nomes e datas ao lado, tipo:

Estes riscos são muito importantes para minha neta de cinco anos — Ela os olha com muita satisfação porque representam o crescimento físico dela.

Como adultos, faz tempo que paramos de crescer fisicamente — pelo menos no sentido vertical! Devemos ficar satisfeitos com umas “marcas na parede” que mostram um crescimento parecido com o de Jesus; não somente fisicamente, mas intelectual, espiritual, e socialmente. (Lucas 2.52). O Apóstolo João mostra que crescimento integral é o normal para cristãos: Começamos como filhinhos, devemos nos tornar jovens e finalmente pais. (I João 2.12–14)

Crescimento físico se mede com metro e balança; como é que se mede outros aspectos da vida? Algumas dicas:

Riscos intelectuais: Quantos livros li este ano?

Riscos sociais: Casamento melhorando? Tempo para amigos?

Riscos espirituais: Meu amor para com Deus é mais comprometido?

Olhe os riscos na parede! Vamos crescer!

Um grande (e crescente) abraço,

Patrick

(Estas meditações são baseadas no meu livro “Nove Provas de Autenticidade Crista, da Editora Betânia, www.editorabetania.com.br )

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.