Fraudes na internet: os oito comportamentos mais perigosos

Ex-hacker dá dicas de como se proteger de crimes digitais, que estão se tornando cada vez mais elaborados

Conteúdo fornecido por Estúdio Globo (Publieditorial)

Daniel Nascimento foi um dos hackers mais atuantes do país. Com 15 anos, invadiu servidores nacionais e estrangeiros, como os do governo, e atacou a rede da Telemar, deixando a região Nordeste sem internet por uma semana. Em 2005, foi preso pela Polícia Federal na operação pontocom. Hoje consultor, Nascimento usa seu conhecimento para ajudar pessoas e empresas a se proteger de ataques. Sua história virou livro e irá para o cinema em 2018.

Em entrevista para a Época Negócios, Nascimento explica quais são os comportamentos que podem te colocar em risco de ser vítima de fraudes no país e quais são as medidas que as pessoas e empresas devem adotar para se proteger dessas ameaças.

“A principal intenção de um fraudatário é obter ganho financeiro. Quando você faz uma compra na internet, você está digitando seus dados ali, com isso você acaba cadastrando uma série de dados na internet e se torna um alvo”, explica Daniel. Ele também dá os alertas para os comportamentos típicos que os usuários possuem na internet que acabam deixando-os mais vulneráveis a fraudes. E-mails maliciosos e que prometem milagres financeiros, redes Wi-Fi públicas e empréstimo de equipamentos pessoais são alguns dos exemplos.

Para se proteger de tais ações na internet, a melhor solução é se prevenir, contratando algum serviço antifraudes, como o Serasa Antifraude, que realiza o monitoramento constante do seu CPF. A qualquer movimentação do CPF, como consultas de empresas para liberar crédito ou oferecer serviços, aberturas de empresas e contas telefônicas o assinante do serviço recebe uma notificação de alerta, avisando-o que alguém está tentando realizar uma ação com seus dados.

Segundo a Serasa, a cada 17 segundos uma tentativa de fraude acontece com um CPF no Brasil (ou cerca de 5 mil fraudes por dia). A fraude pode ocorrer onde você menos espera — na fila do mercado, como quando você diz o número do seu CPF para constar na nota fiscal, alguém pode ouvir e utilizar a informação para futuras tentativas de fraudes. Por isso, a prevenção é a melhor escolha para garantir a sua segurança e o seu nome sempre protegido. Entre as outras vantagens do Serasa Antifraude para pessoas físicas, estão as possibilidades de verificar se você corre o risco de ser negativado, se alguém realizou uma dívida em seu nome ou se existem empresas registradas no seu nome.

Vídeo

Like what you read? Give Antonio Garcia a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.