Amor é mais ou menos isso...


Vamos falar de algo que todo ser humano gosta, ou deveria, Amor.

O que é o amor para você? Defina-o com uma palavra. Talvez você diga "família", "mãe", "filhos" ou mesmo "Deus", acho que todas resumem muito bem, mas o amor não é assim tão simples. Para este exercício gosto de usar uma palavra simples, "momentos". Parece estranho? Eu explico!

Já parou para pensar que você pode fazer o mal para fazer o bem?

Em um exemplo bem simples, uma mãe que repreende um filho está fazendo isso, fazendo um mal para fazer o bem. Uma mulher que discute com seu amado para que ele mude alguma postura também. Os exemplos são infinitos.

Essas atitudes em si não são muito agradáveis, porém, carregam em seu âmago algo muito mais valioso que é uma certa esperança de que o motivo da sua existência seja extinguido. Meio paradoxo, mas é isso mesmo.

Quando aquele filho que foi repreendido estiver mais velho provavelmente terá mudado sua postura, e isso se deve aos momentos que ele talvez tenha muito claros na memória.

Os momentos brincando com o pai é que criarão a imagem do herói, do espelho o qual ele irá refletir um dia.

Momentos, nada mais que isso, e um momento pode durar segundos ou anos. Portanto, aproveite cada um deles independentemente da sua realidade. O melhor que você pode oferecer para alguém é um pouco do seu tempo e isso, acredite, você tem!

Aproveite cada minuto com a sua mãe e seu pai, pois um dia o que você terá de mais valioso serão esses momentos. E são esses momentos que preencherão a gigantesca lacuna que restará quando eles partirem.

Divirta-se com seus irmãos o máximo que puder. Eles podem ser chatos, bravos ou implicantes mas tenha certeza, no final, você será os momentos deles.

Jogue a bolinha para o seu cachorro quantas vezes ele lhe troxer de volta, pois ele te vê como alguém que talvez você nem imagine ser. Aproveite cada instante, pois ele passará o resto da vida dele com você, mas você não terá o mesmo privilégio e após isso, você já sabe o que lhe restará, certo?

Role no chão com seus filhos sem medo de se sujar. Roupas são lavadas e a sujeira se vai, mas a lembrança desse dia ficará para sempre naquela memória onde você estará no ponto mais alto, olhando para o horizonte, com os punhos na cintura e uma capa esvoaçante em frente ao por do sol.

Por fim cada instante que você passe com quem você ama é importante e deve ser intenso, seja ele seu pai, mãe, irmão, cachorro, amigo ou mesmo seu brinquedo favorito, pois um dia tudo que você terá deles serão os momentos que passaram juntos.

Passamos o tempo todo construindo esses momentos, mas não para nós mesmos, somos os arquitetos dos momentos daqueles que nos amam. Nós construímos os deles e eles constroem os nossos, por isso devemos caprichar na obra deles, para que eles se sintam felizes em fazer da nossa obra, a mais marcante e glamurosa que teremos.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.