O argumento do sindicalista para a proibição do UBER

(Do mês passado)

“Pobre tem que se conformar, entender que taxi é coisa de rico, pobre não precisa ter taxi.”

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.