Sinta cada pedaço da vida que te atravessa

oi querida,

não chore, por favor

não tem nada de feio em sentir muito

você não tem medo de mostrar o que se passa no turbilhão de borboletas que habita seu estômago

isso se chama coragem

e esse é um dom que poucos têm, meu amor

seja transparente como a água que lava sua alma

sinta cada pedaço da vida que te atravessa

sinta o ar passando por seus pelos e epitélio

sinta seu cabelo voando na brisa fria que acabou de chegar para nós

sinta o seu coração nas sístoles e diástoles

eleve o seu pensamento para os sentimentos mais bons do seu interior

se abrace e aqueça o coração com amor e cobertores

se entregue como nunca se entregou.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Paulo Costa’s story.