você foi clichê e eu gosto de clichês

você foi quem sorriu primeiro e acompanhou o meu caminhar

e eu, num ato reflexo, sorri e me encantei

te procurei.

e debaixo daquela árvore que sentamos, você se espreguiçou

e quando seus braços voltavam para perto do seu corpo

você os jogou por cima de mim e me abraçou

ah… o clichê da espreguiçada

e eu gosto de clichês.

e na mesma arvorezinha você se aproximou do meu rosto

com a feição de quem queria experimentar o toque do meu beijo

se jogou mais uns centímetros a frente e finalmente me beijou

que clichê essa aproximação lenta

mas eu gosto de clichês.

depois de todos os clichês você fez mais um ato clichê: você foi embora

foi embora quando eu mostrei que queria aquele clichê

mas tudo bem, haverão mais clichês para mim.