Precisamos organizar a web.

Alguém já parou para pensar na quantidade de conteúdo inserido na web todos os dias? Seria possível mensurar tudo isso? Creio que esse número não interessa a ninguém, mas o seu crescimento, em uma velocidade impressionante, gera um excesso de informação que já está causando alguns problemas.

Vejamos um exemplo: uma busca pela palavra “iphone” no Google gera aproximadamente 1.950.000.000. Isso mesmo, pode acreditar, quase dois bilhões de resultados! Alguns poderiam argumentar: mas iphone é muito genérico. Então vamos para, “capa para iphone”. O que diriam se o resultado fosse 12.800.000? Com certeza: caramba! É muita informação! Vamos refinar ainda mais a pesquisa “comprar capa para iphone em são paulo”. Ainda assim teríamos 2.680.000 resultados.

Seria como se as nossas antigas páginas amarelas não parassem de crescer e ainda fossem acrescentados à elas diversos anúncios relacionados ao produto ou serviço, do tipo: comparações do produto A com produto B, tutoriais, reclamações, avaliação de especialistas, avaliação de curiosos, reclamações e outras centenas de tópicos, ficando cada vez mais complicado e oneroso para os fornecedores se destacarem nesta lista, bem como para os consumidores encontrá-los.

A análise deste cenário e de mais alguns outros aspectos de grande relevância levou-me a pensar em uma solução que atendesse, de forma mais rápida e objetiva, às necessidades de consumidores e fornecedores na internet.

Entendi que criar um sistema de busca exclusivamente comercial e interativo, proporcionando ao consumidor todo o poder de dizer o que, quando e como quer um determinado produto ou serviço e enviar esta informação, em tempo real, para diversos fornecedores, seria uma forma de darmos um grande passo para o início desta organização.

Paulo Eduardo Rocha
Empresário e idealizador do Ciwwic