Mensagem Para Amigos

Ao longo da vida, essa sequência de encontros estonteantemente maravilhosa e aleatória com o mundo que me cerca, eu conheci algumas pessoas. Cada uma delas com suas particularidades, diferenças, ideias. Cada uma com sua própria percepção da vida e do mundo, algo que, particularmente, sempre me maravilhou.

Cada uma delas se fazem únicas e insubstituíveis e, ao mesmo tempo, iguais. Únicas e insubstituíveis por agirem de seu próprio jeito, pelos seus próprios motivos, por fazerem suas próprias escolhas, alcançadas através do seu próprio senso e lógica, e sendo assim nos tocando de formas diferentes, cada pessoa com o suas peculiaridades.

E iguais por, à grosso modo, serem apenas um aglomerado aleatório de incontáveis átomos, uma grande e improvável coincidência, assim como pode ser considerado o que chamamos de vida.

De todas essa pessoas, procuro aprender e compreender que elas naturalmente fazem suas próprias escolhas, essas que, por sua vez, naturalmente divergem, e com isso, por uma ou outra circunstância, acabam se distanciando, se destacando e se ofuscando.

Mas, se pela palavra “alegria” posso entender individualmente, que seja algo que desejamos que não se acabe, que se estenda um pouco mais, então sou seguro para dizer que algumas dessas pessoas me alegram e que, muito provavelmente, eu as amarei para sempre. Por essas pessoas, gosto de chamar de “amigos”. Pessoas me tocaram de formas especiais, de forma a marcar e, inevitavelmente mudar quem eu sou de tal forma a me fazer desejar que os momentos e situações que compartilho com elas, durem -de uma forma ou de outra- um pouco mais.

Portanto, se compartilhei com você este bocado de escritos, saiba que sou eternamente grato à aleatoriedade e às coincidências dessa vida por dividirmos o mesmo planeta e a mesma época e por nos coincidirmos no mesmo espaço territorial, tendo em vista a vastidão do universo
ou mesmo da Terra. Sou grato também por você ser quem você é, tendo em vista a aleatoriedade e complexidade de cada pessoa e as possibilidades de ser alguém totalmente diferente.
Gostaria de dizer, simples de coração, que sou profundamente grato. Obrigado, e o prazer é todo meu, amigo.


Adendo: esse texto é da série “coisas que eu já havia escrito e só tô upando aqui por motivos de ameba”, o nome é autoexplicativo.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.