Quero crescer na Johnson & Johnson

Prezado recrutador(a),

Me chamo Pedro Henrique Lopes Coimbra, tenho 24 anos e sou estudante de engenharia de petróleo em Santos-SP com formatura em Dezembro de 2018.

Posso dizer que em minha curta trajetória de vida, tenho três grandes orgulhos profissionais/pessoais. O primeiro apesar de simples, por estar na época trabalhando como vendedor em uma loja de um shopping na grande São Paulo, valorizo por ter sido minha primeira experiência profissional, aos 17 anos. Por alguns meses trabalhei com o objetivo de sair do colégio com essa experiência que eu julgava importante para a minha completa formação escolar, não com objetivos financeiros. No final do período de trabalho recebi uma carta da dona da loja, uma ex-diretora de uma multinacional da Alemanha, que era conhecida por ser muito rigorosa no trabalho. Meu nervosismo ao ler a carta se desfez, quando com uma sensação de dever cumprido lia os elogios que ela me fazia, dentre eles, que eu era um exemplo aos demais funcionários. Em segundo lugar, destaco o fato de ter conseguido um estágio de férias no estado do Rio de Janeiro em uma multinacional suíça, e após essa experiência ter sido chamado pela mesma empresa a trabalhar em sua unidade em São Paulo. Por fim minha maior experiência profissional; após alguns meses desenvolvendo um método químico em laboratório para auxílio à clientes de uma companhia norueguesa, minha equipe e eu recebemos os clientes em um dia trabalho, onde eu fui responsável pela explicação do método criado, realizando algumas análises ao vivo para a apresentação. Vale ressaltar que mesmo eu não sendo diretamente um profissional da área química, fui capaz de explicar para doutores e doutoras da área, em inglês, um projeto que eu tive grande participação. De maneira geral, todas as três experiências me mostraram que eu sempre fui capaz por meio de muito comprometimento, de realizar meu trabalho com sucesso, sem ter dúvidas de minhas capacidades e dos meus objetivos.

Entre meus aprendizados posso destacar, aprender a ser crítico e saber debater. Quando aos 14 anos fui em um intercâmbio à Inglaterra com objetivo de estudar o idioma em uma escola, muito me intrigou (dentre diversos aspectos da educação) como os ingleses discutiam política, economia, e tecnologia. O tempo todo, em diversos canais de comunicação, da maneira mais enaltecida para a mais tranquila, mas sempre com educação e embasamento. Isso me fomentou a ser mais interessado pelos detalhes e em adquirir mais conteúdo. Por outro lado carrego um grande aprendizado desenvolvido com meus erros; evitar de estabelecer diversos compromissos ao mesmo tempo sempre que possível, pela falta de tempo para dedicação total a todos os mesmos,podendo comprometer o trabalho/meta final.

Morar sozinho foi a maior transformação pessoal que mais me marcou, tanto no período da faculdade quanto os pequenos 2 meses no Rio de Janeiro à trabalho. Parece pouco dizer isso pois é um processo natural da vida. Porém, o fato de lidar com responsabilidades universitárias (iniciação, palestras, provas,…); profissionais (estágio); domésticas e pessoais, acaba exigindo disciplina para que a pessoa possa ser eficiente em todas as suas tarefas. E foi isso que eu fortaleci nessa mudança ao sair da casa dos meus pais, a ser mais responsável e disciplinado com tarefas e deveres.

Muitos colegas, amigos e familiares destacam essa minha conduta disciplinada, porém as características que terceiros mais dizem sobre minha pessoa, é o fato de ser criativo, curioso e de conseguir conversar com qualquer tipo pessoa. No geral as pessoas reconhecem minha proatividade para conhecer, ler e estudar sobre assuntos diversos, e acabo discutindo com pessoas de perfis diferentes, principalmente com as mais experientes. Contudo, a parte negativa que às vezes exponho é ser teimoso e não saber perder. São defeitos que me trazem de certa forma um equilíbrio, mas podem me prejudicar, há alguns meses venho trabalhando os meus defeitos através da meditação.

A meditação foi uma técnica a qual me despertou grande interesse como diversos outros assuntos relacionados a exercícios mentais, emocionais, e físicos, sendo este último sempre presente em minha vida pela constante prática de diversos esportes. Acredito que a técnica vem me ajudando a aprimorar minha concentração e autodisciplina. Além da meditação, não posso deixar de falar do meu fascínio por política; economia; geopolítica; inovações tecnológicas e assuntos relacionados à sociedade. Essas minhas atrações me levam ao interesse de conhecer e me informar sobre diversos assuntos por serem temas muito abrangentes, e assim, costumo debater esses assuntos com amigos, colegas e familiares, de forma cotidiana.

Como um profissional buscando novas oportunidades na vida, vejo na Johnson & Johnson uma empresa centenária, com vasto know-how e extensa estrutura técnica, grande possibilidade de desenvolvimento de minhas aptidões e de fornecer um bom trabalho, independente da área, por acreditar que além de estar preparado para tal responsabilidade, tenho o perfil que a companhia busca. Lendo livros e escutando conselhos, aprendi que qualquer carreira de sucesso é construída diante de uma série de desafios. Essa vem sendo a minha motivação até hoje e é a maneira que busco levar a minha carreira profissional, juntamento com; oportunidades de crescimento, desenvolvimento do lado profissional e humano; ter prazer em trabalhar; liberdade para ideias; e autonomia para exercer as mesmas em conjunto de uma grande estrutura, como a Johnson & Johnson possui.

Tenho como propósito de vida querer ajudar a sociedade a evoluir de alguma forma, acredito que utilizando as características citadas nessa carta, construídas ao longo de minha vida, me sinto preparado para almejar desafios e oportunidades cada vez maiores. Sem dúvida, gostaria de ser lembrado como alguém que mostrou determinação, alcançou e extrapolou de metas, e que pode apresentar e executar suas ideia de forma coerente e honesta.